Auto News
3 meses atrás

Voyage 2019 tem espaço e conectividade como diferenciais

Esse ano, o Voyage, sedan fabricado pela Volkswagen, completa 37 anos. Desde que foi lançado em julho daquele ano, o veículo que passou por muitas mudanças acumula mais de 1 milhão de unidades vendidas ao longo de sua história. Oferecido inicialmente apenas com carroceria de duas portas, o Voyage foi lançado nas versões S e LS, com opção de motores movidos a álcool ou a gasolina, ambos de 1,5 litro e refrigerados a água. O câmbio era de quatro marchas.

Voyage 2019 tem espaço e conectividade como diferenciais
(Divulgação/VW)

Totalmente renovado, atualmente configura como um dos carros onde conectividade é a palavra de ordem no desenvolvimento dele. O modelo adota o que existe de mais inovador em sistemas de informação e entretenimento no mundo.

O Novo Voyage foi reformulado em 2016 para ser referência em termos de conforto e design interior, com um painel novo. Assim, foi desenvolvido com base na filosofia “driver oriented” (aquela onde todos os botões e comandos estão posicionadas de forma privilegiada para o motorista), o novo painel dos modelos é muito mais moderno, com visual e acabamento premium e uma série de recursos tecnológicos, além de permitir uma série de combinações de cores e acabamentos. Agora, o console central do painel que acolhe rádios “doble din” de ultima geração.

Preços e versões do Voyage

Atualmente, o Voyage é comercializado em duas versões: Trendline e Comfortline.

A primeira pode ser comprada com duas motorizações: 1.0 e 1.6. No primeiro caso, o carro sai a valor de R$ 51.200,00. Já o segundo modelo custa R$ 54.690.

Entre os itens de série presentes desde a versão de entrada com os motores até às configurações topo de linha, fazem parte da lista de série itens como direção hidráulica, vidros dianteiros com acionamento elétrico e travamento central. As versões Trendline e Comfortline reforçam a excelente relação custo-benefício dos modelos, com novos sistemas de som e pneus “verdes”, de baixa resistência ao rolamento, como itens de série. Os modelos também estão equipados com o novo conjunto ótico frontal escurecido (com máscara negra), cinto de segurança traseiro retrátil, grade preta, conta-giros (tacômetro) e limpadores do para-brisa aerowischer (que têm aerodinâmica mais eficiente e melhor performance).

(Divulgação/VW)

Essa versão vem equipada também com rodas de 14 polegadas e pneus 185/65 R14 (motor 1.6) e 175/70 R14 (motor 1.0), de baixa resistência ao rolamento. Além disso, os modelos contam de série com bancos do motorista com regulagem de altura e novo “cluster” (instrumento combinado), conferindo mais conforto para o motorista.

Como opcional, a versão Trendline pode ser equipada com sistema de ar condicionado e pacote “Interatividade”, com sistema de som “Media”, 6 alto-falantes e o exclusivo suporte para celular, capaz de posicionar e carregar smartphones de até 6 polegadas. O “Media” já possibilita as principais funções mais utilizadas em sistemas de som automotivo: Bluetooth com função streaming de áudio, entradas USB/ AUX-IN e para cartões de memória do tipo SD-card.

Para quem busca ainda mais conectividade, o Novo Voyage oferece o pacote “Interatividade Composition Touch”. Neste caso, o sistema de infotainment proporciona a reprodução e operação da tela do telefone celular (smartphone) diretamente na tela colorida e de alta resolução do sistema de infotainment, como se fosse um espelho, e sem comprometer a segurança na condução do veículo. O “Composition Touch” oferece, entre outros itens, tela colorida de 5” de alta resolução sensível ao toque, com funções avançadas de conectividade, como leitor de mensagens (SMS). É compatível com o sistema MirrorLink, para smartphones com a plataforma Android certificados, oferecendo interatividade e entretenimento com segurança.

A versão Comfortline pode se adquirida com duas opções de motorização e câmbio automatizado. O modelo 1.6 sai pelo valor de R$ 54.190,00. O carro 1.6 manual custa R$ 56.300 e a automática por R$ 59.700,00.

Esse modelo vem ainda mais equipada com novos itens de série, entre eles o ar-condicionado e o sistema de infotainment “Media Plus”, que oferece funções de conectividade como rádio, leitor de arquivos MP3, Bluetooth com streaming de áudio e entradas USB, SD e Aux-in, acrescidas de leitor de CD, e pode ser combinado aos recursos “Park Distance Control” (exibindo em sua tela a silhueta do veículo em manobras de estacionamento) e volante multifuncional, com desenho semelhante ao do Novo Golf e Novo Passat.

(Divulgação/VW)

No interior, a versão Comfortline vem equipada com computador de bordo completo, painel com faixa horizontal em “Black / Blue”, painel de instrumentos em 2 cores, para-sol com espelho iluminado, tampa do porta-malas com abertura elétrica e porta-objeto removível. Já na parte exterior, a versão destaca os frisos laterais, maçanetas e retrovisores na cor do veículo, faróis de neblina, grade dianteira em preto brilhante com um inserto cromado, lanternas traseiras escurecidas, repetidores de seta nos retrovisores (side blinkers) e pneus 195/55 R15, de baixa resistência ao rolamento.

Como item opcional, o destaque da versão Comfortline é o pacote “Connect”, reforçando a conectividade sem precedentes no segmento. Esse pacote oferece o sistema de infotainment mais avançado de todos e conta com navegação integrada, tela colorida de alta resolução com 6,33” sensível ao toque (com sensor de aproximação), e conectividade avançada com os smartphones por meio da tecnologia Volkswagen App-Connect. Com isso, é possível espelhar os smartphones nas principais plataformas: Mirror Link, Android Auto e Apple Car Play. O sistema também amplia a conectividade com leitor de CD, duas entradas para SD-Card, Aux in e porta USB no console central, à frente da alavanca de câmbio.

O pacote “Connect” ainda traz ar-condicionado, volante multifuncional com comando de sistema de som e do “I-System”, rodas de liga leve de 15 polegadas, travamento elétrico com comando remoto, vidros elétricos dianteiros e traseiros, espelhos retrovisores externos elétricos com função tilt down no lado direito, sensor de estacionamento traseiro, chave tipo “canivete” com comando remoto, “I-System com ECO Comfort“ e suporte para celular. A cor externa é sempre ‘Azul Lagoon’, com detalhes internos em ‘Blue Color Concept’, em insertos horizontais no painel e tom azulado nas laterais dos bancos.

Quatro opções para o estilo das rodas

As opções de tamanho e design das rodas é uma clara demonstração da grande quantidade de equipamentos à disposição do cliente. O Novo Voyage têm dois tipos de estilos de calotas, que diferenciam as rodas de aço de 14 e de 15 polegadas. Já o cliente que preferir o conjunto de liga-leve, pode optar pelas rodas de 15 ou 16 polegadas.

De série, os modelos 1.0 contam com rodas de aço de 14 polegadas, calçadas com pneus 175/70 R14 ou 185/65 R14 e protegidas com calotas design “Xisto”. Há a opção de equipar os modelos 1.6 com rodas de aço com 15 polegadas e calotas design “Gabro”. Estas contam com pneus nas medidas 195/55 R15, sempre com pneus de baixa resistência ao rolamento (“pneus verdes”).

Com as rodas de liga-leve, para cada medida há um desenho. O conjunto de 15 polegadas (com compostos 195/55 R15) são montadas em rodas design “Marga”, com oito hastes trabalhas nos mínimos detalhes.

Para quem busca esportividade, o Novo Voyage pode receber ainda um conjunto de rodas de 16 polegadas design “Varvito”, inspirado no desenho icônico das rodas do modelo anterior do Gol. Neste caso, a rodas são polidas na face e têm acabamento pintado de cinza escuro no interior das hastes, montadas em pneus 195/50 R16, de perfil mais baixo e mais esportivo.

Melhor aproveitamento do porta-malas

Uma das grande vantagens do Novo Voyage é o porta-malas totalmente forrado, item que melhora o visual do bagageiro, tornando-o um local mais adequado para abrigar malas. Em tempo, o sedan é capaz de acomodar 480 litros no porta-malas. No Novo Gol, o compartimento de carga tem capacidade para 285 litros, um dos maiores da categoria.

O Novo Voyage ainda pode ser equipado com o recurso do piso elevado do porta-malas. Esse sistema funcional, que permite a melhor distribuição de malas e aproveitamento do espaço do bagageiro, é semelhante ao utilizado no Passat Variant e é outra exclusividade no segmento.

O piso elevado no porta-malas (Trunk High Floor) traz um segundo nível no bagageiro, de forma que é possível acomodar objetos tanto embaixo quanto em cima dessa divisória, o que facilita muito a vida em situações corriqueiras do cotidiano. Nos supermercados, por exemplo. Com o piso elevado é possível separar os pequenos objetos e acomodá-los sob a tampa, para que estes não se espelhem pelo porta-malas. Já os volumes maiores podem ser alocados sobre a tampa.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?