Caieiras
3 semanas atrás

Vacinação antirrábica depende de repasse de doses da União e Estado

O mês de agosto é marcado por ações voltadas a campanha contra raiva animal. É nesse período que ocorre também a vacinação antirrábica em todo País. Porém, muitas cidades ainda não realizaram a imunização. É o caso de Caieiras.

Vacinação antirrábica depende de repasse de doses da União e Estado
(Imagem: Reprodução)

Com base nas várias reclamações de leitores do jornal Regional News que encaminharam e-mails e mensagens questionando o porquê o município não realizou a ação ainda, a reportagem procurou a prefeitura e a explicação foi dada pelo prefeito Gersinho Romero.

De acordo com ele, o Ministério da Saúde não mandou a vacina para o Estado, logo os municípios também não receberam. “Temos um cuidado especial com a questão das vacinas. Haja vista a febre amarela. Quando o governo mandou as doses, nós já tínhamos vacinado 78% da população de Caieiras. Isso ocorre com todas as vacinações que o governo tem como meta que deve ser seguido pelos municípios. Só que agora, está com a mesma dificuldade enfrentada há oito anos, quando atrasou a campanha antirrábica”, disse Gersinho.

“Já oficializamos o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual e estamos aguardando. É uma vacina que a prefeitura não pode comprar porque tem uma privacidade em relação a industrialização da vacina. Infelizmente só podemos fazer a vacinação se recebermos a vacina do Estado. Fora isso, não conseguimos fazer absolutamente nada”, concluiu.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?