Opinião
6 meses atrás

Um desmaio mais que anunciado

A que ponto chegamos. Por um lado testemunhamos bilhões de reais ou dólares desviados e encontrados em malas dentro de apartamentos, em contas no exterior, camuflados em obras de arte ou joias e, por outro, continuamos vendo descasos que atingem diretamente a população a ponto de se registrar o desmaio de uma criança de oito anos dentro de uma escola, constatado mais tarde ter ocorrido por falta de alimentação.

O caso ocorreu no Distrito Federal e comoveu não apenas professores e demais funcionários, mas também os socorristas do Samu, que quase foram às lagrimas quando verificaram que o menino tinha desmaiado de fome.

Além de ser um País em que a pobreza ainda mostra sua cara em várias regiões, não dá para admitir que isso ocorra, ainda mais dentro de uma escola. É inadmissível registrar casos assim, enquanto políticos pintam e bordam com o dinheiro destinado à educação, à saúde e às tantas questões essenciais.

É o Brasil da desigualdade continuando a mostrar que quem pode mais, chora menos. No caso dessa criança, era questão de tempo para acontecer o que aconteceu. Afinal, os pequenos percorrem 30 km de casa até a escola. Sem almoço, em razão do horário que tem de sair de casa para conseguir estar no colégio, ficam varados de fome e são obrigados a esperar por mais três horas por uma refeição.

Existem ainda aqueles que não têm o que comer em casa, como o caso desse menino que desmaiou por ter se alimentado apenas de mingau de fubá, no dia anterior.

Em meio à repercussão e quando se espera um posicionamento que possa consolar a vida tão sofrida dessas pessoas que se viram como podem para sobreviver com os filhos, temos de ouvir o governador do DF dizer, com a maior cara de pau do mundo, sinalizando a culpa pelo ocorrido como sendo da família e não da escola. Como tantos, esse foi só mais um que, sem respostas nem solução, apesar de ter sido eleito para isso, agiu de forma covarde preferindo buscar e apontar culpados quando deveria ao menos auxiliar de alguma maneira. Seria esperar demais.

Por essas e outras está cada vez mais difícil até de buscar palavras para definir o que virou esse Brasil de meu Deus, até aqui cada vez mais preocupante com tantos colapsos e desmaios.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?