Editorial
3 semanas atrás

Um Brasil que chora e que ri

Um Brasil que chora e que ri
(Foto: Reprodução)

Copa do Mundo. Tempo de ser patriota.

Agora é a hora de mostrar nossa torcida pelo Brasil, pelo nosso futebol. Só um detalhe: não podemos esquecer que a rotina de vida e trabalho seguem com a seleção, fora e dentro dos campos.

O clima contagia, mas nem tudo é festa nesse momento em que o País enfrenta sérios problemas econômicos e políticos. Portanto, devemos ter um olho na Rússia e, se possível, os dois no Brasil. Ainda mais em ano de eleições majoritárias, quando nossos representante políticos sem os holofotes sobre eles podem abusar ainda mais do cargo que pleiteiam ou ostentam sem pensar no povo.

Por falar no brasileiro, é difícil entender o que ele realmente quer. Semanas atrás estava nas ruas apoiando os caminhoneiros que resolveram cruzar os braços em busca de melhores condições de trabalho, redução no preço do diesel e conseguiram parar o País de ponta a ponta. Agora se reúne como podem e, muitas vezes gastam o que não tem, para acompanhar a seleção parecendo ter esquecido o tanto de problemas que enfrenta para pode sobreviver nessa Nação tão desigual.

É o Brasil de vários santos, credos e gostos mostrando sua cara. Ao mesmo tempo que reclama, tão logo se vê privilegiado ou até confortável, esquecendo de tudo que passou ou enfrentou.

A título de curiosidade, vale a pena informar que os brasileiros estão entre os que mais compraram ingressos para a Copa do Mundo que ocorre do outro lado do mundo.

Assim fica cada vez mais difícil buscar explicações para um povo que ao mesmo tempo que chora com o caos vivido no dia a dia, sorri e vibra com a seleção brasileira em campo, mesmo que demonstrando menos empolgação com o futebol desta vez, ainda que o futebol seja paixão declarada da maioria dos que habitam por aqui.

Como para algumas perguntas não existem respostas, vamos lá.

Vamos torcer pelo Brasil que não mostrou um bom futebol na estreia, mas tende a evoluir nos próximos dois jogos passando, pelo menos, para a próxima fase do torneio mundial que, bem ou mal, traz alguma felicidade ao nosso povo por ser a única seleção a participar de todas as copas e ostentar o título de pentacampeão isoladamente. E é assim este Brasil bem brasileiro que chora e que ri.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?