Caieiras
2 semanas atrás

UBSs de Caieiras não tem especialistas

Em lives que realiza nas redes sociais, o prefeito de Caieiras, Lagoinha, faz questão de frisar que ainda mora no bairro que nasceu e lá pretende ficar mesmo tendo sido eleito ao cargo majoritário da cidade. A localidade em questão é o Jardim dos Eucaliptos que cresceu muito nos últimos anos e hoje é formado por vários comércios e abriga serviços públicos.

UBSs de Caieiras não tem especialistas
Foto: Regional News

É exatamente um desses serviços que fica na avenida onde o prefeito reside, o posto de saúde, que vem recebendo várias críticas em razão do atendimento precário. As reclamações, aliás, alcançam quase todas as UBSs da cidade, além do pronto-socorro que ora é administrado por uma empresa, ora por outra, enquanto o cidadão pena para ser acolhido.

No caso da unidade localizada no mesmo bairro que o prefeito reside, a falta de médicos especialistas e problemas no agendamento de consultas são alguns dos problemas citados. “Agendei uma consulta com o ginecologista dois meses atrás na UBS Jardim dos Eucaliptos. A consulta deveria ocorrer em 30 de setembro, mas me ligaram e disseram que o médico havia sido desligado e que não há nenhum prazo para outro ginecologista seja contratado. Caieiras do senhor Prefeito Lagoinha, só por Deus”, relatou Sandriani Nunes Alves, nas redes sociais.

Reclamações envolvendo a saúde pública de Caieiras são frequentes nas redes sociais – Foto: Reprodução

Leticia Santos também reclamou do mesmo posto de saúde. “A UBS Jardim dos Eucaliptos é uma vergonha. Sempre com problemas para marcar consultas. Nunca tem médico e quando tem não ficam. Sempre ligam para desmarcar consultas. Totalmente abandonada”, escreveu, lembrando que o prefeito Lagoinha mora no bairro. “Senhor prefeito, por ter sido criado nesse bairro deveria dar uma olhada com mais empatia aos moradores que precisam dessa UBS”, cobrou.

Quem também apontou problemas na UBS do bairro foi Meire Santos. “Minha filha ficou ‘mocinha’ já tem um tempão e ainda não consegui passar ela no médico. Eu pensei que as coisas iam melhorar aqui no Eucaliptos, mas infelizmente só pioram”, descreveu.

“Fui há mais de 4 meses e nem médico tinha. A desculpa deles é a mesmo que o médico tinha se desligado. Independente qual partido, Caieiras vai de mal a pior”, disse Juliana Fonseca.

Outros casos

Antonio Carlos de Souza entrou em contato com o jornal Regional News para denunciar que não tem psiquiatra para atender em Caieiras. “Minha esposa está em um quadro de depressão profunda. Moramos no Jardim Marcelino e não estamos conseguindo passar com nenhum psiquiatra. Fomos até ao CAPS, mas lá não tem psiquiatra e o pessoal está sendo atendido por um clínico geral. É uma vergonha para Caieiras”, disse, se mostrando preocupado com a saúde da esposa. “Ela não está bem e precisa muito de atendimento. Só queremos ser atendidos por um especialista”, concluiu.

 

Paciente tem indicação médica, mas não consegue consulta – Foto: Reprodução

Em Laranjeiras, os moradores também reclamam da falta de médicos na UBS. “Estamos sem desde janeiro quando o prefeito assumiu o cargo e dispensou os médicos. Até agora não tem e pelo que vejo não tem previsão”, narrou Lucidalva Fiuza.

O prefeito também foi cobrado em relação a promessas feitas para a área da saúde durante a campanha. “A questão da Saúde só piorou. Exames estão sendo agendados muito longe e em lugares de difícil acesso. Lagoinha não foi isso que o senhor passou nas portas falando. Cobrar é o nosso direito. Melhora porque senão você não volta. Isso a gente não esquece”, alertou Fernanda Reis.

A assessoria de imprensa da prefeitura de Caieiras foi procurada para se manifestar, mas não encaminhou resposta até o fechamento da edição.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?