Caieiras
1 mês atrás

Tráfego de caminhões gera apreensão na Vila Rosina. Moradores pedem proibição

Um grupo de moradores da Vila Rosina, em Caieiras, está pedindo a proibição de circulação de caminhões pesados pela Rua Luiz Vaz de Camões. A reivindicação é antiga e por conta do histórico de acidentes com mortes no local.

Tráfego de caminhões gera apreensão na Vila Rosina. Moradores pedem proibição
Acidente registrado em 2020 terminou com a morte do motorista. Situação demanda urgência (Arquivo Pessoal)

O mais recente episódio foi registrado no dia 12 quando uma carreta passou por dentro do posto de combustíveis, bateu em um veículo e destruiu o muro de uma residência. Nesta ocorrência, o motorista sofreu ferimento na parte das pernas e outras duas pessoas foram retiradas do caminhão com escoriações. No entanto, em julho de 2020, uma pessoa morreu em acidente envolvendo o tombamento de caminhão no mesmo local. Anos atrás, outras pessoas também perderam a vida após problemas envolvendo caminhões nesta via.

Sandra Regina Lopes Nunes de Paiva é filha de uma das proprietárias que teve o imóvel atingido no acidente do dia 12. Ela fala que apesar do susto ninguém da casa se feriu, mas quer a proibição de caminhões pelo local. “Mesmo depois desta ocorrência, caminhões carregados com terra continuam trafegando nesta via. Minha mãe que tem 80 anos não dorme mais de preocupação. A residência dela está sem muro e a apreensão é ainda maior”, disse Sandra.
Segundo a cidadã, a prefeitura informou que vai proibir a circulação de veículos pesados por essa rua, mas nenhuma placa foi colocada ainda. “A informação é de que vão proibir a circulação, mas sabe-se lá quando. Enquanto isso, precisava algum agente de trânsito por lá para orientar os caminhoneiros. Precisam proibir a entrada lá perto da Primicia até colocarem a placa”, sugeriu.

No mais recente acidente registrado, caminhão bateu em veículos e invadiu imóvel no bairro (Arquivo Pessoal)

No mais recente acidente registrado, caminhão bateu em veículos e invadiu imóvel no bairro (Arquivo Pessoal)

Juliana Lopes dos Santos também mostra preocupação com a situação. “O fluxo de caminhões com terra continua. Já informamos o Demutran, mas nenhuma providência definitiva foi tomada ainda. Temos receio, pois muitos veículos apresentam situação precária”, relatou.

De acordo com ela, por se tratar de um local com histórico de acidentes e mortes, já deveria ter sido proibido tráfego de veículos pesados. “Estamos falando de uma via íngreme e que oferece risco à circulação de carretas e caminhões. Estão falando em proibir, mas os veículos circulam livremente dia e noite. Não podemos aceitar essa situação. Pedimos socorro para evitar outra tragédia”, declarou Juliana.

A prefeitura de Caieiras foi procurada, mas não se manifestou até o fechamento da edição.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?