Artigo
Dr. Fabio Cenachi » Artigo
5 meses atrás

Tempo de amor

Estudando a história do Império Romano, é possível chegar à conclusão de que o nascimento de Cristo seria em agosto e que até mesmo seu nome seria diverso, e todas as questões dessa ordem, as quais todos nós, em algum momento de nossas vidas, já ouviu, senão nelas até já refletimos. A grande pergunta é: E isso significa o quê? Em quê influenciaria o maior legado de convivência já ensinado aos homens? Onde modificaria o amor ensinado com o exemplo próprio, propagado em língua universal, sem se ter escrito uma única linha até que Paulo de Tarso, antes Saulo, houvesse organizado todos ensinamentos.

O que importa? Mesmo se ignorarmos as questões de religião, somos obrigados a reconhecer um Cristo histórico, ou mesmo tantos outros professores desta humanidade teimosa a quem insiste em dar as costas. Natal é relativo a nascimento, que seja o renascimento da humanidade, o surgimento da vida, e quisera fosse o da fraternidade universal, sem fronteira e sem cores.

A sobriedade do tremular constante das velas, aconchegantes, montados em arranjos com a beleza da infância, da noite natalina, ecoe também no íntimo de cada coração. Não só nessa noite. Nem só no dia seguinte. Mas durante todos os dias do ano. Mesmo porque, o amor não tem dia. Boas festas a todos, com muita paz, saúde e fraternidade.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?