Editorial
4 meses atrás

Ser brasileiro honesto, uma missão quase impossível

Ser brasileiro honesto, uma missão quase impossível

As coisas continuam estranhas e desconexas em Brasília. Não pela cidade em si, mas pelo os que lá trabalham, ou dizem que o fazem. São políticos que nos surpreendem a cada dia com ações, no mínimo, questionáveis.
Quando nada mais parece assustar, o engano chega e outra decepção vem daquele que foi eleito pelo meu e pelo seu voto.

O que pensar sobre a Medida Provisória nº 819, de 25 de janeiro de 2018 que autoriza a União a doar recursos ao Estado da Palestina para a restauração da Basílica da Natividade. O documento informa no Diário Oficial da União que o presidente da câmara dos deputados, no exercício do cargo de Presidente da República, no uso da atribuição que lhe confere o art. 62 da Constituição, adota a seguinte Medida Provisória, com força de lei: Art. 1º Fica a União autorizada a doar recursos ao Estado da Palestina para a restauração da Basílica da Natividade, na cidade de Belém, Estado da Palestina, no valor de até R$ 792.000,00 (setecentos e noventa e dois mil reais). Ficar boquiaberto, pasmado ou estarrecido talvez não resolva. Com raiva ou revoltado de nada adianta, principalmente no momento em que faltam vacinas BCG, essenciais para bebês recém-nascidos brasileiros, e alguns governos fracionam a vacina da febre amarela para dar conta de imunizar mais pessoas.

Contudo, o que são 792 mil reais num País em que alguns leitos poderiam ser reformados e até comprados para aqueles pacientes que são atendidos no chão, quando servidores do Rio de Janeiro, sem receber há meses poderiam ser beneficiados.

Não bastasse essa surpreendente boa ação para estrangeiros enquanto o Brasil padece com injustiças sociais, outra bomba recai sobre a comunidade brasileira. O anúncio da intervenção militar na segurança pública do Rio, além de mascarar a decadência do governo Temer, sinaliza o fracasso no desvio de foco que tentou conseguir a aprovação da reforma da Previdência no Congresso e perdeu o rumo.

Em meio a calamidade da violência que tomou conta da ‘Cidade Maravilhosa’, o Ceará ganhou notoriedade pela contaminação do mesmo problema que, se não houver medidas de inteligência e de emergência, em pouco tempo toda a Nação estará contaminada e sem solução.

Em ano de eleições majoritárias, perder a mão e o comando indica a fragilidade da escolha do candidato que estará representando cada um de nós que, apesar de pagar os impostos, não recebemos a contrapartida do que deveria ser revertido em benefício.

Ser um brasileiro honesto, uma missão quase impossível.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?