Editorial
2 semanas atrás

República, vida que segue

Lá se vão 131 anos da Proclamação da República. Comemorado em 15 de novembro, o que já foi um marco na história do Brasil, há alguns anos enfrenta um momento delicado da biografia de nosso País, e do contexto mundial como um todo, em tempos de economia globalizada.

República, vida que segue
Foto: Reprodução/Pixabay

A expressão “República” que deriva de coisa pública, ou seja, do povo, é que continua sendo tratada de forma vergonhosa e desdenhosa para com o povo que ainda sofre com tanto descaso de nossos governantes.

Por outro lado, é cada vez mais difícil administrar esse gigante chamado Brasil quando não temos maioria pensando na população que sucumbe a movimentos das massas, quase sempre motivadas por segundas e terceiras razões as quais nem elas próprias se dão conta. Esse é um cenário visto hoje também em estados e municípios.

Pelas terras de Caieiras, por conta de picuinhas políticas, a atual gestão deixa de administrar, faz vistas grossas para vários problemas e se concentra em culpar as administrações passadas. Enquanto isso, os caieirenses sofrem com falta de atendimento digno na saúde e veem prédios tradicionais, como o antigo MAC, ruir em chamas. História que, infelizmente, deixou de ser respeitada.

Voltando ao cenário nacional, a nós é muito importante ter em mente que o que é de todos, a todos pertence, sem que seja de ninguém. Administrar o que pertence ao povo demanda muito mais responsabilidade e controle do que os assuntos particulares solicitam.

Parece que nestes anos, nossos representantes têm sido movidos por desejos muito particulares, lembrando-se do povo apenas em momentos absolutamente sazonais que costumam se conhecer pelos nomes de eleição, sufrágio e afins.

Passados esses momentos, costumam nossos representantes se ocultar em gabinetes, assembleias ou câmaras, deixando por vezes tais estabelecimentos com um sorriso inexplicável nos rostos.

Tudo leva a crer que 131 anos não foram suficientes para aprender. Vida que segue.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?