Auto News
Gustavo Lopes Evangelista » Auto News
6 meses atrás

Renault Logan: Ainda um carro espaçoso e com ótimo custo-benefício

O Renault Logan chegou ao Brasil para satisfazer as necessidades dos consumidores que precisavam de um carro de tamanho médio, mas com preço de compacto. Para isso, apresentou atributos inigualáveis em seu segmento: espaço interno e porta-malas maiores que o de seus concorrentes; mecânica robusta, pensada para as condições de rodagem brasileiras; baixo custo de manutenção e três anos de garantia total de fábrica.

Renault Logan: Ainda um carro espaçoso e com ótimo custo-benefício

O Logan tem tudo isso e muito mais: o veículo foi redesenhado, e as linhas predominantemente angulares deram lugar a formas mais suaves e harmônicas, o que não significa abrir mão da robustez presente em seu projeto. O painel de instrumentos ficou igualmente mais moderno e sofisticado. A ergonomia foi melhorada, assim como o acabamento, a partir da adoção de materiais mais nobres. Completando o “pacote” de novidades, o carro ficou mais silencioso, graças às melhorias realizadas no isolamento acústico.

Duas opções de motorizações bicombustíveis

O Logan é encontrado com dois motores e duas versões de acabamento: 1.0 16V Hi-Flex (Authentique e Expression) e 1.6 8V Hi-Torque (Expression). Ambos os propulsores aceitam álcool ou gasolina em qualquer proporção e são caracterizados pela resistência mecânica, economia e baixo custo de manutenção.

A suspensão, por sua vez, foi desenvolvida especificamente para as condições de rodagem do Brasil e está apta a enfrentar situações severas sem sacrificar a segurança e o conforto de motorista e passageiros.

Comparado ao modelo anterior, ao dirigir o motorista perceberá que o veículo ficou mais silencioso, devido a várias melhorias realizadas no isolamento acústico do habitáculo e em componentes específicos. Essas melhorias foram introduzidas para atender as solicitações dos clientes.

Espaço de carro grande

O Renault Logan continua tendo muito mais espaço que seus concorrentes à época. O modelo foi o único da categoria capaz de levar cinco pessoas sem aperto, graças à distância entre-eixos privilegiada. O automóvel da Renault leva vantagem também na altura e na largura, com isso, sobra mais espaço para os ombros e cabeças dos ocupantes. Até pessoas com 1,90 m conseguem se acomodar com conforto no banco de trás.

Com 510 litros de capacidade e tampa com ampla abertura, o porta-malas superou o dos concorrentes. Considerando o perfil dos consumidores, trata-se de um importante atributo presente no carro, conferindo mais versatilidade ao veículo.

Além de suas generosas dimensões externas e internas, que supera às de seus concorrentes diretos e de alguns veículos do mercado médios (M1), e do design mais moderno e robusto.

Duas versões de acabamento e duas opções de motorização

O Renault Logan 2010 está disponível no mercado nacional com dois tipos de motores e duas versões de acabamento: 1.0 16V Hi-Flex (Authentique e Expression) e 1.6 8V Hi-Torque (Expression).

Os modelos com motor 1.0 devem responder por 60% do mix de vendas. Por conta disso, já na versão de entrada (Authentique 1.0 16V Hi-Flex), o Logan conta com itens de série importantes como pára-choques na cor da carroceria, conta-giros, rodas de aro 14”, alarme sonoro de advertência de luzes acesas, porta-copos no console central dianteiro e terceira luz de freio (“brake-light”).

A versão de acabamento Expression, topo de linha, conta com ainda mais itens de série, como desembaçador de vidro traseiro; banco do motorista com regulagem de altura; manopla do câmbio, maçanetas internas e saídas de ar com acabamento na cor alumínio; painel interno das portas com revestimento em tecido; frisos laterais na cor da carroceria e iluminação no porta-malas e no porta-luvas.

Para os consumidores que não abrem mão de segurança e conforto, os “pacotes” de opcionais dão ao veículo nível de equipamentos de automóveis de categoria superior: condicionador de ar, direção servo-assistida, volante com regulagem em altura, vidros com acionamento elétrico na dianteira, travamento das portas a distância, sistema CAR (trava as portas automaticamente quando o carro atinge 6 km/h), faróis de neblina, computador de bordo estão no “Pack Conforto”.

O “Pack Segurança”, por sua vez, inclui bolsas de ar duplas (airbags), freios anti-bloqueio (ABS), volante revestido em couro, três apoios de cabeça traseiros e cinzeiro móvel – que pode ser posicionado no console de acordo com a necessidade do usuário. Já o “Pack Conforto 2” traz ainda vidros traseiros elétricos (com botões de acionamento nas portas), retrovisores elétricos pintados na cor da carroceria, alarme e rádio MP3 com comando satélite na coluna de direção, proporcionando mais conforto e segurança ao motorista, que não precisa tirar as mãos do volante para operar o som.

Design

As linhas originais predominantemente angulares deram lugar a formas mais suaves e arredondadas, numa nítida evolução estética. O modelo ganhou 3,9 centímetros de comprimento, por conta dos novos pára-choques e agora mede 4,29 metros. No interior, um visível salto de qualidade, com melhorias de acabamento e adoção de novos materiais.

Pára-choques, grade frontal, faróis, lanternas traseira, tampa do porta-malas e interior foram totalmente modificados. O Logan, no entanto, manteve as linhas limpas. Não há excessos nem detalhes desnecessários em sua carroceria. O conjunto continua sugerindo robustez, que é uma das características marcantes do modelo.

Mais harmonia nas linhas externas

A dianteira do Renault Logan foi totalmente reformulada com a adoção de ampla grade frontal formada por filetes horizontais na cor cinza. Sobre a grade, chama a atenção um friso cromado, presente em todas as versões do modelo. Os faróis, de forma trapezoidal, ficaram maiores, englobando no mesmo conjunto óptico as luzes indicativas de direção. Na versão Expression, os faróis de neblina trazem moldura com acabamento preto.

A traseira, por sua vez, ganhou nova tampa do porta-malas, com spoiler integrado. O pára-choque, que aloja a placa, foi redesenhado, assim como as lanternas, de formato predominantemente vertical. A versão Expression ainda apresenta um elegante friso cromado na extremidade da tampa do porta-malas como diferencial.

Lateralmente, o carro mantém o visual imponente. A versão Expression agregou novos elementos visuais que remetem à sofisticação, como frisos laterais e maçanetas na cor da carroceria, assim como os retrovisores, quando estes forem elétricos. A chamada “coluna B” (entre as portas dianteiras e traseiras) tem acabamento adesivo em preto fosco. As portas preservam grande ângulo de abertura para facilitar o acesso e a saída dos passageiros.

Sete opções de cores estarão disponíveis para o Novo Logan, das quais duas sólidas (Vermelho Vivo e Branco Glacier) e cinco metálicas (Preto Nacré, Cinza Acier, Bege Angorá, Azul Crepúsculo e Prata Etoile).

Evolução significativa no interior

A cabine do veículo também traz mudanças importantes. A exemplo da carroceria, o painel ficou mais moderno, com destaque para a melhoria do acabamento e dos materiais utilizados em sua produção. Plásticos e tecidos de padrão superior deixam claro a evolução de qualidade obtida pelo modelo.

Atendendo a sugestões dos clientes, os botões de acionamento dos vidros elétricos foram instalados nas portas, tornando a operação do equipamento muito mais fácil e acessível. Por falar em portas, a forração interna passa a ser feita com nova padronagem de tecido, e os puxadores foram reformulados: ficaram maiores e mais fáceis de serem acessados.

Na versão Expression, o interior apresenta requintes, como manopla de câmbio, maçanetas internas e saídas de ar com acabamento na cor alumínio. O volante, que opcionalmente pode ser revestido de couro, traz o logotipo Renault cromado.

O quadro de instrumentos apresenta novo grafismo. A iluminação na cor âmbar foi mantida, assim como os indicadores digitais de nível de combustível e temperatura do líquido de arrefecimento.

Espaço traduzido em números

Apesar de ser um modelo compacto, é mais espaçoso que muitos sedãs médios disponíveis no País. A distância entre-eixos (distância entre os eixos das rodas da frente e de trás) é de 2,63 metros, maior que a encontrada em veículos de segmentos superiores, como o Toyota Corolla, o que garante amplo espaço interno.

Com 1,740 metro, o Logan é ainda 28 mm mais largo que Ford Focus e Chevrolet Vectra. Os passageiros de trás agradecem: o modelo da Renault é o único de sua categoria a levar cinco pessoas com conforto e sem aperto, pois sobra espaço para os joelhos e para a cabeça. O carro também é o mais alto da categoria, com 1,534 metro.

A boa largura é sentida também por quem vai nos bancos da frente, já que o espaço para os ombros é bem melhor que o proporcionado pelos concorrentes. Os ocupantes dos assentos traseiros contam com dois cintos de segurança de três pontos, instalados nas laterais, e um sub-abdominal no centro.

No quesito porta-malas, também é destaque. Sua capacidade de carga é de 510 litros.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?