Cotidiano
5 meses atrás

Reclamações atingem enfermaria do Hospital Metropolitano

Falta de respeito e comprometimento são palavras que resumem as reclamações feitas por pacientes do Hospital Metropolitano da Lapa, administrado pela Amil, também responsável pelo Hospital de Clínicas de Caieiras.

De acordo com quem precisou do atendimento em 9 de novembro, os serviços além de demorados, foram aquém do que se paga pelo convênio particular. “Estou indignado com a falta de compromisso dos enfermeiros desse hospital. Pagamos o serviço e somos tratados como se estivéssemos pedindo favor.”, falou um paciente irritado.

Em outro dos vários casos registrados nesse dia, uma conveniada chegou no hospital por volta das 10h50 e saiu da unidade quase quatro horas depois. “Só para receber o medicamento foram duas horas. Sem contar que os enfermeiros perderam duas vezes a receita médica que precisou ser refeita. Se estamos ali para ser medicados é porque precisamos. Não à toa pessoas morrem por falta de competência e profissionalismo”, declarou.

O Hospital Metropolitano foi procurado e informou que registrou, no dia 9 de novembro, um volume maior de casos de emergência em seu pronto-socorro, que demandaram atendimento prioritário. A instituição lamenta a

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?