Editorial
4 semanas atrás

Quem precisa mudar é o Brasil

Quem precisa mudar é o Brasil
(Reprodução)

Todo mundo merece uma segunda chance na vida. Afinal, errar é humano e é gratificante ver esse ou aquele dar a volta por cima, fazer valer a pena a nova oportunidade, mas no Brasil, País onde o DNA da corrupção corre na veia, é difícil saber quem realmente merece uma segunda chance.

É nessa Nação de pessoas generosas que aparecem os malandros e os que se dizem espertos. Nessa semana, bem pertinho de nós, o jovem Ruan Rocha, que ficou conhecido por ter a frase “eu sou ladrão e vacilão” tatuada na testa por dois homens que o acusaram de furto em junho de 2017, foi preso em flagrante, furtando desodorantes em um supermercado em Mairiporã.

Ele recebeu apoio de muitos e até um tratamento gratuito para remoção da tatuagem feita injustificavelmente por dois bárbaros que respondem criminalmente pelo ato punitivo ao jovem. Contudo, numa segunda chance, não aproveitou. Mas já pagou fiança e está na rua. Difícil aceitar.

Porém, é complicado entender também quando vimos um homem acusado de assaltar dois carros fortes, com direito a troca de tiros com armamento pesado contra a polícia, receber autorização da Justiça para sair da prisão e fazer a prova de um concurso público para a PM. O fato ocorreu pelas bandas do Maranhão e ganhou repercussão, mas graças a Deus, ele foi reprovado e disse que a estadia dele na cadeia o impediu de “treinar mais forte” para encarar as provas de resistência.

Em meio a tantas sandices, aparece nas redes sociais uma mãe com a filha no colo chamando a atenção dos brasileiros para a decisão de um juiz federal que negou manter a medicação da menina de quatro anos que tem uma doença degenerativa e depende dos medicamentos, caríssimos, para sobreviver.
Indignação foi pouco ante o que essa genitora sentiu quando ouviu da Justiça que o medicamento gera gastos exagerados ao Poder Público.

Por essas que se teve acesso e por milhares de outras que não se vê, é que a vontade de muitos brasileiros é de mudar do Brasil.

Do jeito que as coisas andam, as questões de honra e hombridade vão ficando de lado, desestimulando quem ainda mantém os valores básicos como premissa.

Por essas e outras que a esperança que ainda mora no peito está em não querer mudar do Brasil e sim querer que o Brasil mude, apesar de tudo.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?