Editorial
5 dias atrás

Que não seja mais uma utopia

Mais um belo programa que será administrado pelo SUS, Sistema Único de Saúde, entra em vigor e terá grande valia se de fato for levado a sério. Trata-se da Lei 13.895, de 2019, que institui a política nacional de prevenção do diabetes e de assistência integral à pessoa diabética. A norma passou a vigorar em 30 de outubro.

Que não seja mais uma utopia
(Imagem: Reprodução)

Como esse, outros programas já existentes voltados a conscientização da população quanto essa ou aquela doença são bons, mas acabam derrapando em razão da corrupção que parece estar no DNA dos brasileiros e, em especial dos políticos e dos gestores que fazem questão de se dar bem as custas do povo.

Para que não fique apenas no mundo ilusão e funcione de verdade, primeiro é preciso acabar com a roubalheira existente nesse sistema, afinal o SUS será responsável por adotar campanhas e tratamento dos problemas de saúde e desta vez, relacionado ao diabetes.

A verdade é que de nada adianta criar mecanismos como esse, se ainda temos uma saúde quase que falida, com a culpa única e exclusiva dos que desviam dinheiro destinado ao SUS. Sem recurso, hospitais fecham as portas, outros não conseguem atender a demanda, filas enormes se formam para atendimento de emergência e pessoas acabam morrendo aguardando a realização de um simples exame que nunca tem disponibilidade de agenda.

Mais do criar leis nesse sentido, deputados e senadores precisam fiscalizar e punir os vários casos de irregularidades.

É tudo lindo quando se aprova, mas a assistência que faz parte da lei, nem sempre é levada a sério. Ainda mais quando se tem de acordo com a Organização Mundial de Saúde, 16 milhões de brasileiros diabéticos e outros 7 milhões que podem ter a doença sem saber.

Por se tratar de um mal que desencadeia outros fatores de risco e se não houver um tratamento digno, outras situações virão na esteira e trarão mais problemas relacionados, a exemplo da cegueira, hipoglicemia, insuficiência renal, impotência, insuficiência vascular, amputações de membros inferiores, infarto do miocárdio, AVC e até a morte.

Essa medida chega em boa hora e serve para alertar, conscientizar e chamar atenção. Mas o que precisa mesmo é seriedade na condução da Lei por parte dos que ficaram responsáveis por fazê-la valer.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?