Editorial
5 meses atrás

Professores, espécies com risco de extinção

Se o futuro do Brasil realmente depende dos jovens, podemos dizer que estamos diante de um amanhã tenebroso e preocupante. Ao mesmo tempo em que nada mais surpreende, assistir a cenas de alunos agredindo professores e destruindo salas de aula nos faz pensar que nada mais tem jeito ou faz sentido nesse país.

Professores, espécies com risco de extinção
(Foto: Reprodução)

O que tem sido comum presenciar e, recentemente dentro de um colégio em Carapicuíba, SP, com estudantes arremessando livros e carteiras contra a educadora, mostra que muito está errado.

Não dá para aceitar e ficar calado quando temos números assustadores nesse sentido. Depois de mais um caso dessa natureza, um levantamento das ocorrências envolvendo ataque a professores aumentou cerca de 73% no número de episódios, apenas no Estado de São Paulo. Foram 434 registros no ano passado contra 251 no ano anterior, segundo dados da Globonews.

Um ambiente que deveria ser utilizado para adquirir conhecimento, mostram cenas de barbáries praticadas contra quem se dispõe a ensinar. Além de revoltante, fica impossível entender e identificar tamanha falta de respeito e consideração por aquele que se empenha em ofertar o seu melhor em favor da educação.

Num passado nem tão distante, bastava um olhar do professor para entender a repreensão do mestre em favor de uma ação errada do aluno, ao contrário do que ocorre atualmente. É inaceitável saber que hoje a agressão é vista como natural dentro do ambiente escolar.

Basta voltar ao tempo e notar que nada mais é igual. O carinho, respeito e admiração pelo professor, por mais linha dura que fosse, caiu por terra. Com tanta coisa ruim acontecendo dentro da escola, não é sensacionalismo dizer que em breve o professor entra em extinção. Afinal, será bem difícil haver quem queira assumir tantos problemas pelo pouco salário que recebe e ainda correndo o risco de ser agredido.

Nesse cenário, aparecem os pais, ou a maioria deles, que deixou de dar educação aos filhos. A educação vem de casa, local onde se aprende a respeitar, obedecer a ordens dos mais velhos, entre outros valores morais. Na escola, o professor ensina português, matemática e matérias de aumento de conhecimento intelectual. Hoje, há uma inversão de valores que acabam em cenas horríveis de violência como as que reincidentemente vemos e continuaremos a presenciar nos noticiários.

Faltam cada vez mais princípios para a maioria dos jovens. Dar valor, principalmente ao professor. Empatia e respeito devem fazer parte do ambiente escolar que deixa a todos à mercê da sorte, nem sempre favorável.
Aos governantes, fica o puxão de orelhas para que endureçam as leis contras esses jovens que não querem nada com nada e acham que podem tudo contra tudo e todos. Se nada for feito, o futuro que bate à porta, fica comprometido.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?