Caieiras
8 meses atrás

Prédio público requer pintura e reforma

Construído com o objetivo de servir como mini-centro cultural e biblioteca e entregue a população em dezembro de 2008, o prédio público localizado na Rua Hermínio de Oliveira Penteado, em Laranjeiras, Caieiras, está com aspecto de abandono, embora esteja sendo utilizado para aulas de boxe.

Prédio público requer pintura e reforma
Falta de manutenção atinge prédio público em Caieiras (Regional News)

O próprio municipal que chegou a ser denominado Galdino Oliveira, o “Barba”, até recebeu livros e outros materiais, mas logo o espaço virou uma academia de luta a pedido de um voluntário do bairro, que conta com o apoio dos cidadãos.

Falta de manutenção atinge prédio público em Caieiras (Regional News)

Mas tantos anos sem qualquer manutenção, o prédio acusa desgaste e precisa de manutenção. É isso que os vizinhos do local reivindicam. “Está abandonado mesmo. Continua sendo utilizado, mas precisa de manutenção”, disse um morador das proximidades.

Além de estar com toda parte externa pichada, os vidros de portas e janelas estão todos quebrados e a situação demanda uma intervenção da municipalidade, ainda responsável pelo espaço. “Seria bom uma reforma. No caso dos vidros quebrados é um risco a crianças já que é de fácil acesso”, declarou um munícipe.

Em busca de respostas sobre a atual situação e condição do prédio, a prefeitura foi procurada e informou que a parceria para as aulas de boxe no local foi firmada no mês de março e a Secretaria Municipal de Esportes, a qual ficou encarregada da manutenção, já está realizando o levantamento dos serviços/reparos necessários para dar melhores condições a seus atletas e demais munícipes que queiram praticar a modalidade.

Deixe seu comentário

Nota do Editor: Os comentários não são editados e são de responsabilidade dos autores. Não refletem a opinião do jornal Regional News.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?