Artigo
Dr. Fabio Cenachi » Artigo
4 meses atrás

Pra variar… mais do mesmo

A economia mundial, num sistema de livre demanda como o imposto pela globalização é muito sensível a qualquer elemento de informação, seja ele real ou não, e até mesmo, observe, não o é. Preços de ações de empresas de capital aberto, como por exemplo a Petrobras, sobem e descem nas bolsas de valores mobiliários ao redor do mundo conforme o rumo do vento.

Pra variar… mais do mesmo
Foto - Reprodução/Pixabay

No Brasil, o monopólio exclusivo dessa atividade, entre outros fatores, permite que o combustível comercializado dentro de nossas fronteiras tenha um alto custo. Evidente que os elementos que integram a formação do preço final ao consumidor têm inúmeras variáveis, desde tarifas de tributação, até a falta de concorrência, preço no mercado internacional, limitadores ambientais, entre outros tantos. O que me impressiona, no final das contas, é como tudo isso se torna especial ferramenta na mão de argutos “mexeriqueiros” que se valem desse estado de coisas pra fim nem tão republicanos assim.

Projetos de fundos oscilantes para regularizar o preço final, a exemplo de países vizinhos, também parece não ser a saída mais viável, porque se atrelaria aos preços praticados internacionalmente para o barril de petróleo e nada nos espantaria se acabasse desembocando em uma nova forma de tributação. Pra variar…mais do mesmo.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?