Caieiras
3 meses atrás

Poupatempo Caieiras emprega mais mulheres do que homens

Poupatempo Caieiras emprega mais mulheres do que homens
Colaboradores do Poupatempo Jundiaí: mulheres são maioria em todas as unidades (Divulgação)

Neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, nada melhor do que homenagear esse ser que faz a diferença em todos os momentos.

Poucos caieirenses sabem, mas na cidade elas fazem a diferença no posto do Poupatempo. Considerando a proporção de mulheres em relação aos homens, a unidade em Caieiras fica em primeiro lugar com 83% de mulheres. São 52 mulheres de um total de 63 funcionários.

Em todo  Estado de São Paulo, o programa emprega 8.115 mulheres em 72 unidades de atendimento ao cidadão. Elas representam 62% do quadro de 13.193 funcionários da central de serviços públicos do governo paulista.

Do total de 83 gerentes e administradores dos postos e da área administrativa, 47 são mulheres (56%). Uma das gerentes, Maria Auxiliadora Montenegro, que trabalha no Poupatempo desde 1998, administra dois dos maiores postos Poupatempo, o da Sé e o de Guarulhos, que juntos prestam mais de 11 mil atendimentos por dia.

Entre as 72 unidades do Poupatempo, a que mais emprega mulheres é a de Itaquera, a maior de todas, que atende a 10 mil pessoas por dia. São 640 mulheres, de um total de 936, o que representa 68% do total.

Em seguida aparecem as unidades de São Bernardo do Campo, com 450 funcionárias (67% do total de 675), Sé (425, 64% do total de 666), Santo Amaro (420, 70% do total de 598) e Guarulhos (342, 63% do total de 546).

Em seguida, pelo mesmo critério, aparecem Pindamonhangaba, com 79% (44 mulheres entre 56 funcionários), São José dos Campos, com 72% (203 mulheres entre 283 funcionários) e Itaquaquecetuba, com 70% (80 mulheres entre 114 funcionários.

Deixe seu comentário

Nota do Editor: Os comentários não são editados e são de responsabilidade dos autores. Não refletem a opinião do jornal Regional News.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?