Possessiva Mente

Possessiva Mente

Foto: Leekyung Kim

Espetáculo protagonizado por Mel Lisboa estreia no TUCA

A partir de 19 de janeiro o Teatro TUCA, zona oeste de São Paulo recebe a nova temporada de “Misery”. A peça traz Mel Lisboa e Marcello Airoldi nos papéis principais sendo uma adaptação do romance homônimo de Stephen King, o mestre americano do terror.

King, um dos maiores escritores de suspense, terror e ficção de todos os tempos, é autor de clássicos como “O Iluminado”, “It!, a coisa” e “Carrie”, todos levados para as telas do cinema.

“Misery”, cuja primeira edição ganhou as prateleiras em 1987, chegou à tela grande três anos depois com direção de Rob Reiner e roteiro de William Goldman. No Brasil o longa se chamou “Louca Obsessão”, tendo como protagonistas James Caan e a então iniciante Kathy Bates, que faturou o Oscar e o Globo de Ouro como melhor atriz pela brilhante interpretação.
No teatro “Misery” já foi encenada em vários países, entre eles, Alemanha, Áustria, Nova Zelândia e Canadá.

Por sua vez, no Brasil já foram realizadas duas montagens: a primeira, em 1994, chamava-se “Obsessão” protagonizada por Débora Duarte e Edwin Luisi, a segunda em 2005 contou com Marisa Orth e Luís Gustavo nos papéis principais.

Traduzida e adaptada para o português por Cláudia Souto e Wendell Bendelack a atual montagem traz na direção de produção Bruna Dornellas e Wesley Telles. A direção geral ficou a cargo de Eric Lenate sendo a primeira adaptação direta do texto de William Goldman.
Antes de voltar a São Paulo “Misery” passou por Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Uberlândia, Vitória e Porto Alegre atraindo um público de mais de 40 mil pessoas.

No palco vemos Paul Sheldon (Marcelo Airoldi), famoso escritor reconhecido pela série de best-sellers protagonizada pela personagem Misery Chastain. Resgatado pela enfermeira Annie Wilkes (Mel Lisboa) após sofrer um acidente de carro o escritor encontrará o pior pesadelo de sua vida. Wilkes se autointitula principal fã e leitora de Sheldon, porém se revelará uma pessoa perturbada.  Percebemos  como a mente humana é capaz de qualquer barbaridade, nos limites da sandice para alcançar seus objetivos.

De acordo com Eric Lenate a personagem de Annie Wilkes sempre foi retratada no teatro e cinema de forma “estereotipada, como louca e histérica, enquanto Paul Sheldon ocupava o papel de vítima”.

“Procuramos nesta montagem trazer uma Annie mais esférica, olhar para dentro dela e ampliar as possíveis leituras desta obra para além daquela que coloca o gênero feminino no lugar da instabilidade trágica que precisa ser comandada pelo masculino”, diz o diretor.
“Misery” fica no TUCA até 31 de março

SERVIÇO
Misery, a partir do romance de Stephen King
Temporada: 19 de janeiro a 31 de março
Sextas: 20h30 – Sábados: 21 horas – Domingos: 19 horas
Teatro TUCA
Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes
Ingressos: R$ 120,00 (inteira) – R$ 60,00 (Meia)
Lotação: 672 lugares
Classificação: 14 anos
Duração: 120 minutos
Inf: https://bileto.sympla.com.br/event/88513

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *