Editorial
5 meses atrás

Pode ser comum, mas não é normal

O que estamos vendo acontecer ao redor do mundo pode parecer comum, mas não é normal. Em meio às enchentes, comuns no Brasil nesse período do ano, em outras nações, todos vivem a ruim expectativa do Coronavírus que surgiu na China e a cada dia se espalha para outros países.

Pode ser comum, mas não é normal
(Foto: Reprodução)

Por lá, quase 500 pessoas já morreram e outras milhares estão em meio aos casos confirmados. No Brasil, são 14 casos suspeitos, segundo Ministério da Saúde que parece ter se preparado para evitar que ele chegue e se alastre. Essa, pelo menos, é a boa notícia entre tantas tragédias, comuns, mas não normais a cada início de ano.

Para especialistas ao redor do planeta, levando-se em conta que não existe vacina nem tratamento contra o agente patogênico, as medidas adotadas para conter o coronavírus de Wuhan foram adequadas. Então, a precaução é sempre válida, mas nada de sair por aí comprando ou estocando máscaras. Normal se alertar, mas não há motivos para pânico.

Por falar em pânico, o que dizer do crime brutal registrado no ABC Paulista há quase duas semanas quando três pessoas da mesma família foram encontradas carbonizadas dentro de um veículo sabendo-se que as principais suspeitas pelo crime são filha e nora do casal.

Depois de Suzane Von Richthofen, não dava para imaginar que outro crime semelhante seria registrado. O caso ainda não foi concluído, mas tudo indica que o motivo seria o mesmo: ganância pelo dinheiro e herança antecipada.
Mas o crime, inconsequente ou não, acabou com a vida de três pessoas que jamais imaginariam ter uma morte tão covarde e dolorida.

Entre trancos barrancos vamos procurando sobreviver e, quem ainda é capaz de controlar seus impulsos e fazer o bem, deve saber que essa sim é a vida que devemos levar. Precisamos entender que pode parecer comum, mas não é normal. Por isso, devemos refletir diariamente sobre nossas atitudes e buscar estar perto de quem também priva pelas leis divinas e não as do homem que, infelizmente, foi corrompido e se mostra cada vez mais difícil de reverter.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?