Cotidiano
7 anos atrás

Perus completa 80 anos de fundação

Com aspecto de cidade grande, Perus é habitada por mais de 160 mil pessoas. Bairro é composto pelos distritos de Perus e Anhanguera
Com aspecto de cidade grande, Perus é habitada por mais de 160 mil pessoas. Bairro é composto pelos distritos de Perus e Anhanguera

O bairro paulistano de Perus completa 80 anos de fundação no domingo, 21. O distrito com ares de cidade grande tem sua história remontada à época dos tropeiros do século XIX. Como relatam os historiadores, estes profissionais usavam o local para pouso durante o percurso entre Santos e Jundiaí no transporte de mercadorias.

Numa versão mais romanceada, o nome do bairro teria surgido da figura da dona Maria dos perus, que criava as aves em seu sítio, onde os tropeiros fariam o pouso. A região também foi parada de tropas de soldados e foi ocupada por fazendas de capitães da guarda, responsáveis pela defesa do Caminho do Mar até o Porto de Santos.

O progresso chegaria em 1867, com a inauguração da Ferrovia São Paulo Railway, mais conhecida por Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, que hoje é operada pela CPTM, Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, atuante no transporte de passageiros.

Geograficamente a região é administrada pela subprefeitura de Perus e composta por dois distritos: Anhanguera e Perus.

Capela

Além da fábrica de cimento, a primeira do gênero no País, que fez parte da história de Perus e hoje a população tenta transformar o espaço em um centro cultural, o bairro conta com a Capela Nossa Senhora de Lourdes que também faz parte dos registros históricos.

A igreja localizada na Rua João Vicente Valadão, s/nº, Vila Fanton, recebeu durante anos a comunidade que participava de missas, catequeses, batismos e bodas que eram realizadas no salão de madeirite que ficava ao lado. Recentemente o espaço foi restaurado com a iniciativa do projeto “Resgatando a História de Perus”, juntamente ao grupo “Amigos de Perus”, e a capela será reinaugurada em 4 de outubro.

Capela no alto do morro em registro feito na década de 1950
Capela no alto do morro em registro feito na década de 1950

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?