Editorial
5 meses atrás

O que é comum, não é normal

O que estamos vendo acontecer ao redor do mundo pode parecer comum, mas não é normal. Em meio à guerra na Europa, enchentes e crimes bárbaros no Brasil, além de adversidades em vários países, vamos nos virando como dá e tentando sobreviver.

O que é comum, não é normal
Foto: Reprodução/Pixabay

Perto de nós, a morte da adolescente Lara Maria Oliveira Nascimento, de 12 anos, em Campo Limpo Paulista, causou comoção em todo País. A menina desapareceu no dia 16 de março, quando saiu de casa para comprar refrigerante. Os sinais de violência contra a garota impressionam.

Atos de crueldade que chocam como o que também estamos presenciando na Ucrânia. Sem dó nem piedade, o presidente Russo manda atacar, matar e ainda reúne milhares de pessoas que apoiam essa investida covarde e interesseira num estádio de futebol para comemorar e registrar o momento como ato de heroísmo.

Em Petrópolis, após a tragédia recente com centena de mortes por causa da chuva, voltou a chover e novas mortes foram computadas.

Delírios a parte, ganhou repercussão o caso de uma mulher que ajudava moradores de rua e acabou fazendo sexo com um deles. Flagrada pelo marido que agrediu o sem-teto, o caso foi parar na polícia e o depoimento da moça gera espanto, tamanha a alucinação.

Para completar, teremos eleição para presidente e ver Lula pregando que está pronto para lutar por um País melhor e mais justo para todos, é também delirante, como se nossos ouvidos fossem penico.

Nessa toada, entre trancos barrancos vamos procurando sobreviver e, quem ainda é capaz de controlar seus impulsos e fazer o bem, deve saber que essa sim é a vida que devemos levar. Precisamos entender que pode parecer comum, mas não é normal. Por isso, devemos refletir diariamente sobre nossas atitudes e buscar estar perto de quem também priva pelas leis divinas e não as do homem que, infelizmente, foi corrompido com atitudes praticamente irreversíveis.

Siga o Rnews nas redes sociais

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?