Editorial
4 semanas atrás

O fardo está pesado demais

Em época de pandemia, comerciantes, empresários e microempreendedores estão se virando como conseguem, ainda! O problema é que veem chegar o momento em que, por mais esforço que se faça, será impossível dar andamento nos negócios que agonizam depois de décadas de trabalho árduo, suado e dedicado. Assim tem sido a realidade de muitos pequenos comerciantes demais setores que sofrem com fechamento de lojas, prestadores de serviços e outros ramos de atividade.

O fardo está pesado demais
Foto: Reprodução/Internet

São várias as dificuldades que as empresas estão passando. A falta de recursos financeiros e falta de ajuda do governo que ainda não aprovou a MP de auxílio aos empresários, leva cada dia mais empregadores ao caos.
Pensar na vida é primordial. No entanto, as faturas continuam a chegar, funcionários precisam receber e não tem de onde tirar. Essa tem sido a dura realidade enfrentada e, igualmente a área da saúde, se nada for feito urgentemente, a economia tende a seguir o mesmo caminho e o resultado pode ser catastrófico para os brasileiros.

É evidente que todos devem colaborar e ter bom senso acima de tudo. Mas não há como sobreviver da forma como estão caminhando as coisas. Em muitos estados, o governo simplesmente decreta o fechamento de tudo e não dá uma contrapartida, por pequena que seja. As dificuldades que já eram tamanhas, se tornam ainda mais severas.

É certo que se tratando de Brasil, não daria para esperar muita coisa. Porém, tudo caminha para um lado sombrio que, se a pessoas não morrerem por causa do Covid, tendem a perder a vida para a fome.

Passou da hora dos governos pensarem mais nas pessoas e promoverem ações que minimizem as perdas que os empresários vem enfrentando. Todos são a favor da vida, mas algo precisa ser feito para evitar o fechamento do pequeno e até do grande comércio e uma estatística de desemprego gigantesca e incontrolável.

É um conjunto de acontecimentos que pede mais seriedade de quem está no comando. Decisões devem ser tomadas.

Mas que sejam feitas de forma a não punir a população, seja por conta do coronavírus, seja por conta de uma falência anunciada de ordem financeira.

O aprendizado deve ser para todos, incluindo aqueles que aglomeram sem necessidade, saem de casa sem precisar e só atrapalham quem realmente necessita.

Aos políticos, nosso apelo para que olhem com carinho aos que mais necessitam de atenção nesse momento tão difícil e sombrio. Entre a saúde e a economia, restarão mortos, feridos e falidos.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?