Esportes
11 meses atrás

Novos esportes nas olimpíadas do Japão 2020

Com o intuito de renovar a programação das olimpíadas, de atrair novos praticantes e se tornar uma competição ainda mais eclética, o Comitê Olímpico tomou a decisão de adicionar cinco novos esportes já para as próximas olimpíadas em Tóquio: surf, skate, beisebol, escalada esportiva e karatê.

Essas novas modalidades englobam muitos praticantes a nível mundial e, no que diz respeito ao Brasil, temos diversos praticantes que podem aspirar a medalhas por se encontrarem nos melhores do mundo em alguns desses esportes.

Aqui mesmo na região de Jundiaí existe um atleta que no karatê já vem representando a seleção Brasileira por 12 anos e tem o sonho de disputar uma olimpíada: Willians Quirino. É um dos mais experientes do time com 12 títulos de campeão do Brasil, campeão pan-americano e campeão sul-americano. É um dos nomes que traz esperança a esses novos esportes olímpicos para o Brasil no quesito de medalhas.

No surf com nomes como Gabriel Medina, Adriano de Souza ou Filipe Toledo que fazem parte da elite mundial desse esporte o Brasil também tem boas chances de sonhar com medalhas. Tal como no skate, em que o Brasil conta com diversos campeões mundiais em diversas categorias como Douglas Silva em downhill speed, Rony Gomes em vertical, Sergio Yuppie em downhill slide, Sandro Dias em vertical, Pedro Barros em bowl, entre outros. Também conferem ao time brasileiro um misto de experiência e irreverência para uma modalidade nova no panorama olímpico, deixando antever uma boa prestação do nosso país.

No entanto, apesar dessas cinco novas modalidades o comitê vem-se preparando para adicionar novos esportes nas olimpíadas seguintes às de Tóquio e existem já alguns muito bem posicionados. É o caso do MMA com cada vez mais adeptos um pouco por todo o mundo e gerando cada vez mais receitas. É, assim, uma opção muito interessante para o comitê para garantir mais uma vertente que vem atraindo novas gerações.

Outro esporte que vem ganhando destaque é o poker. No próprio Japão, alguns nomes já despontam na modalidade, como Kosei Ichinose, bem posicionado nos rankings mundiais. Esforços forem feitos para que esse esporte fizesse parte já das próximas olimpíadas, mas ainda não foi o momento. Seja como for, em ambos os casos são também boas notícias para o Brasil, uma vez que, conta com diversos praticantes de topo nesses dois esportes e asseguram grandes chances para medalhas para o nosso país, caso venham eventualmente a fazer parte das olimpíadas.

No que diz respeito a essas novas modalidades já aprovadas para as próximas olimpíadas, existe uma esperança muito grande do próprio COB – Comitê Olímpico Brasileiro – no sentido de criar mais condições para que os atletas de todas as modalidades em que o Brasil irá ser representado tenham acesso a melhor preparação possível a fim de conseguirem bons resultados.

Assim, apesar de ainda faltarem pouco mais de dois anos para as olimpíadas é possível sonhar um pouco com algumas medalhas nessas novas modalidades que surgem no horizonte – especialmente no surfe, já que o Brasil foi recém-campeão na modalidade.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?