Auto News
2 meses atrás

Novos critérios podem baratear contratação de seguro de veículos

Entrou em vigor nesta quarta-feira, 1º, as novas normas e critérios para seguros de automóveis. Com as mudanças, contratar o serviço pode ficar mais barato e mais flexível.

Novos critérios podem baratear contratação de seguro de veículos
Foto: Reprodução/Pixabay

Dentre as alteração, agora o consumidor pode contratar uma apólice parcial. Ou seja, um seguro que cobre apenas a parte dianteira do veículo, os retrovisores ou os vidros, e não todo o automóvel. O cliente também pode optar por excluir alguns serviços. Será possível optar por uma cobertura para roubo ou furto e excluir o seguro para casos de acidente do pacote, por exemplo. Além disso, a apólice agora pode estar vinculada à pessoa física, e não ao veículo, beneficiando motoristas de aplicativo que usam carros alugados. As seguradoras têm até 180 dias para se adaptarem às mudanças.

Em entrevista a Jovem Pan, o advogado e economista Alessandro Azzoni, afirma que mudança é positiva porque pode baratear o seguro. No entanto, ele destaca que é necessário estar atento ao contrato antes de assinar. “Isso é muito positivo na questão de você atrair o consumidor, mas tem o lado negativo. Na hora da contratação, o consumidor nunca fica preocupado em olhar o contrato, só se preocupa com o valor que vai pagar. Isso pode causar muito problema pós-sinistro. E na parte final, na hora que tiver o sinistro, ele vai querer a cobertura e não vai ter por motivo de contrato”, diz.

O advogado também afirma que, por mais que as seguradoras tenham 180 dias para incluir as novas regras, a mudança deve ser mais rápida. “Eu acredito que como é uma concorrência de mercado, muitas seguradoras vão acelerar o processo justamente para fazer a adaptação. Dentro de 30 dias já dá para começar a ser oferecido”, completa.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?