Auto News
5 meses atrás

Novo Chevrolet Monza não deve chegar ao Brasil

Sucesso nos anos 80 e 90, o Monza ganhou uma nova versão na China. O clássico veículo de muita história no Brasil ficou lindo. Porém, os brasileiros não devem conhecer de perto, pois não existe, pelo menos por enquanto, a possibilidade dele desembarcar por aqui.

Novo Chevrolet Monza não deve chegar ao Brasil
(Foto: Divulgação)

A nova geração do carro foi apresentada pela Chevrolet no Salão de Guangzhou. Revelado na versão RS, que tem visual mais agressivo, o sedã médio estreia com a missão de representar a marca no segmento médio, bastante competitivo na China.

O design do Monza carrega o atual DNA da GM por lá e tem como marca registrada a dianteira com faróis integrados à grade frontal cromada, bem como a ampla e proeminente entrada de ar inferior. A quem diga que a agressividade da dianteira destoa do restante do veículo.

Construído sobre a mesma plataforma do Chevrolet Cruze, o Monza será mais uma alternativa de sedã médio da General Motors na China.

(Foto: Divulgação)

Em imagens antecipadamente vazadas na internet já era possível, ver que o Monza 2019 mescla elementos dos novos Prisma/Onix e do Malibu. É possível que o modelo influencie a segunda geração do Cobalt que já está em desenvolvimento pela montadora.

A dianteira é marcada pela larga grade frontal que recebe um friso cromado dividindo a peça em dois. O cromado também serve de conexão entre os dos faróis.
Na parte traseira, as lanternas terminam na tampa, que por sua vez carrega um discreto aerofólio. Além disso, as falsas aberturas de ar em forma de L em ambos os pára-choques também foram criadas para harmonizar com a entrada de ar frontal.

Modelos esportivos

O Chevrolet Monza 2019 terá dois modelos esportivos. A RS traz para-choques mais esportivos, com entradas de ar maiores, aerofólio traseiro, máscara negra nos faróis, logotipo da Chevrolet em preto e uma barra cromada conectando as lanternas. Já a versão Red Line apela para elementos com gravata, retrovisores, aerofólio e rodas em preto, além de detalhes em vermelho por toda carroceria.

O sedã mede 4.630 mm de comprimento, 1.798 mm de largura e 1.485 mm de altura, com distância entre-eixos de 2.640 mm. Em termos de motores são duas opções: 1.0 turbo de 125 cv (batizado de 320T) e 1.3 turbo de 163 cv (330T), ambos associados ao câmbio automático de seis marchas.

Motorização

Na China, o novo Monza terá dois motores. As versões de entrada serão equipadas com um 1.0 turbo de 115 cv com consumo registrado de 19,6 km/l em ciclo misto. Já os Chevrolet Monza mais completos virão com o novo 1.3 turbo de 156 cv e consumo de 17,3 km/l em ciclo misto. As opções de transmissão não foram reveladas.

(Foto: Divulgação)

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?