Caieiras
6 dias atrás

Nova calha do Rio Juqueri gera problema

Um situação que passa despercebida por não ser tão aparente, mas têm aborrecido os moradores da região do Serpa, em Caieiras, é o lago de esgoto que se formou na antiga calha do Rio Juqueri que teve uma nova abertura para escoamento entre Franco da Rocha e Caieiras, afim de evitar enchentes, mas resultou em um problema desagradável.

Nova calha do Rio Juqueri gera problema
Para minimizar as questões de enchentes, um novo canal foi aberto para escoamento do rio. Antiga calha acumula esgoto e gera transtornos (Regional News)

O ‘mar’ de água fétida que se formou as margens da Rodovia Tancredo de Almeida Neves, SP-332, além de mau cheiro tem também atraído insetos e demais bichos para o local. “Esse desvio feito no Rio Juqueri até pode ter um objetivo, mas esqueceram de estudar o que fazer com a lagoa de esgoto que se formou ao lado. Alguma providência precisa ser tomada pelos autores desse serviço”, pediu Odair Lima.

Quem reside no Serpa, reclama que o bairro também está infestado de pernilongos, incluindo o mosquito da dengue. “A cada fim de tarde, sobe um mau cheiro e logo aparecem os pernilongos. Com certeza em meio a tanto inseto está o mosquito da dengue. Afinal, é um grande trecho de água parada”, alegou Adalberto Santos.

Com a mudança de curso do rio, outro problema pode ser citado. Em dia de chuva, toda água que que cai sobre a rodovia tem escoamento direto para o antigo canal do rio aumentado ainda mais o volume de água parada. “Imagino que não tenham terminado o serviço ainda, mas não pode deixar como está. Esse esgoto parado atrás de grandes restaurantes e comércio, prejudica muito”, pontuou um lojista da região do Serpa.

Com abertura de nova calha para escoamento do Rio Juqueri, a antiga ficou com esgoto parado a céu aberto (Regional News)

Em busca de esclarecimentos, o prefeito de Caieiras, Gerson Romero, foi procurado e informou que trata-se de uma obra de grande porte e que está ocorrendo a regularização e desassoreamento do rio. “É uma localização com muitos problemas de enchente. Desde 2017, estamos trabalhando para regularizar e evitar novos alagamentos na cidade.

Tanto que em 2017 e esse ano não tivemos registro de enchente. Porém, causou esse problema por conta do mau cheiro, além do registro de algumas pessoas que estão jogando esgoto de forma irregular e vamos pedir a fiscalização que tome providências. A situação será revolvida em até dois meses”, falou o prefeito Gersinho Romero. “Nosso empenho está centrado em resolver situações que estão prejudicando a cidade, alguns desconfortos ocorrem. Contudo, em breve estará resolvido”, finalizou Gerson.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?