Opinião
4 meses atrás

Negócios, negócios… coerências à parte

Negócios, negócios… coerências à parte

Como dizem os tiradores de sarro: a ‘banana está comendo o macaco’ e o ‘rabo está balançando o cachorro’. Assim, iniciamos 2018 vendo que o cenário político brasileiro continua dando vexame em meio a tantas confusões que parecem não ter fim.

A bola da vez é a nomeação, ainda não concretizada, da deputada federal Cristiane Brasil, indicada pelo PTB para assumir o Ministério do Trabalho. Logo ela que traz consigo ações trabalhistas por não registrar funcionários.

A mesma contradição atinge o novo diretor do Departamento de Trânsito de Minas Gerais, César Augusto Monteiro Alves Júnior, que se viu obrigado a entregar sua carteira de habilitação por acumular 120 pontos em infrações de trânsito. Está tudo de cabeça para baixo.

Mas esperar coerência em um País em que a corrupção está no DNA das pessoas, é querer demais. Portanto, não só os políticos aparecem como tal quando o assunto é tirar proveito da situação. Prova disso foi o que se viu em reportagem televisiva quando imagens de dois médicos e um dentista de Sorocaba registraram suas digitais para comprovar a presença em hospital público e, sem qualquer pudor, se retiraram do ambiente de trabalho para tratar de assuntos particulares ou mesmo atender em consultório próprio, voltando apenas em horário do término de expediente no local onde não ficaram, somente para ganhar o dia. Mais do que revoltante, são as desculpas para tal ação.

Exemplos vistos até aqui mostram o quão a ambição se sobressai quando o assunto é tirar proveito do povo. Essa mesma gente que paga seus salários com muito suor. No caso desses médicos, se não querem trabalhar, abram espaço para os poucos que amam a profissão. Mas não, preferem queimar a imagem dos que fazem questão de honrar a ética e o juramento feitos tão logo a formação acadêmica.

Já os políticos, se aproveitam do cargo público e sem timidez nem vergonha utilizam-se de leis frágeis para se safar de processos.

Por isso, todos tem de fazer a sua parte. Seja o mal servidor público que prefere jogar baralho no computador ao atender ao cidadão, seu verdadeiro patrão, seja os que ostentam cargos de alto escalão na vida pública barganhando propinas e apoios políticos.

São grandes os desafios, mas desistir e deixar que pintem e bordem e fique por isso mesmo, não é o caminho.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?