Música
Nelson de Souza Lima » Música
3 semanas atrás

Na luta contra o preconceito

Surgida em 2017, em Jundiaí, na Grande São Paulo, a banda Clandestinas vem agregando cada vez mais fãs, não apenas pela música, mas também por seu engajamento e combate ao preconceito, racismo e LGBTfobia.

Na luta contra o preconceito
Foto: Reprodução

O grupo integrado por Camila Godoi (contrabaixo/voz), Alline Lola (guitarra/voz) e Natália Benite (bateria/voz) lançou em maio de 2020 o primeiro álbum, auto-intitulado com treze canções, e disponível nas plataformas digitais.
Para difundir o trampo as garotas contam com intensa mobilização coletiva. “Divulgar o disco, o clipe de “Nenhuma a menos”, o lyric vídeo de “Rotina”, além de nossa participação no filme “Pluma Forte”, da Coraci Ruiz, dá-se, principalmente, através de uma rede de pessoas envolvidas na militância feminista. E, também, por “mala direta”, enviando e-mails para o Brasil e exterior, tem se mostrado bastante valiosa”, atestam. E o trabalho árduo tem dado resultado com canções executadas em rádios gringas dos Estados Unidos, Austrália e Espanha. “No mês passado começamos a tocar em rádios chilenas também. Para nós é uma grande felicidade nos sentirmos acolhidas, cantando em língua portuguesa, em outros países. E desejamos que o fortalecimento advindo deste intercâmbio seja de mão dupla”, afirma a Clandestinas.

Sobre a atual situação política o trio “considera esta onda neoconservadora como uma reação às conquistas de direitos de grupos populacionais vulneráveis como mulheres, pessoas e população LGBTQUI+. É um momento histórico perverso, mas é o momento histórico em que nos coube viver, resistir e lutar pela construção de uma sociedade mais justa”. Confira em www.bandaclandestinas.com.br

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?