Bem Estar e Saúde
1 mês atrás

Ministério da Saúde vai incorporar Coronavac no cronograma nacional

Depois de um pequeno embate e resistência sobre o tema, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que irá incorporar a Coronavac, vacina desenvolvida em conjunto pelo Instituto Butantan e pela empresa chinesa Sinovac, no Programa Nacional de Imunizações. A divulgação ocorreu nesta terça-feira, 20, em uma reunião virtual com o Fórum dos Governadores.

Ministério da Saúde vai incorporar Coronavac no cronograma nacional
(Foto: Reprodução)

A expectativa do Ministério da Saúde é iniciar a vacinação contra o coronavírus em janeiro de 2021. Na mesma data, o Ministério da Saúde divulgou uma nota na qual afirma que a pasta assinou um protocolo de intenções para adquirir 46 milhões de doses da Coronavac.

As doses serão distribuídas a todo o Brasil por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI). Somadas, as três vacinas – AstraZeneca, Covax e Butantan-Sinovac – representam 186 milhões de doses, a serem disponibilizadas ainda no primeiro semestre de 2021, já a partir de janeiro.

O anúncio feito por Pazuello ocorre na mesma semana em que o presidente Jair Bolsonaro rebateu a declaração dada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), segundo o qual a vacinação no estado será obrigatória, exceto para pessoas que possuem restrições médicas. “O meu ministro da Saúde já disse claramente que não será obrigatória esta vacina e ponto final”, disse Bolsonaro a apoiadores, nesta segunda-feira, 19. “Tem que ter comprovação científica. O país que está oferecendo essa vacina [China] tem que primeiro vacinar em massa os seus, depois oferecer para outros países”, acrescentou o presidente.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?