Editorial
1 mês atrás

Manifestar é bom e democrático, ódio não

A manifestação, seja ela qual for e pelos motivos que forem, quando feita de maneira ordeira e pacífica, soma ao invés de dividir. Como vivemos em um País democrático, o protesto é bom para a sociedade de modo geral, mesmo quando as ideias são divergentes, já que se permite, em qualquer circunstância, atender a todos.

Manifestar é bom e democrático, ódio não
Foto: Reprodução/Pixabay

Ultimamente as manifestações e debates têm vindo recheadas com discursos de ódio, que precisam ser deixados de lado, em qualquer situação. Agir no calor do momento e com raiva, não são boas maneiras e pode gerar desavenças.

Ainda diante dessa pandemia que fez deixar de lado tantas coisas boas como o abraço, o beijo, aperto de mão, piorando a afetividade quando sentimentos ruins afloram só porque não existe concordância com a opinião do próximo.

Divergir de uma ideia até é de grande valia e positivo até por que não há quem pense de forma igual em cem por cento das ideias. Mas disparar ataques só porque não concorda com a opinião desse ou daquele é ultrapassar barreiras da educação e do bom senso.

Estamos a um ano de novas eleições presidenciais e os manifestos sejam nas ruas, sejam pela internet precisam ocorrer de forma ordeira.

Pelas redes sociais e grupos de WhatsApp, observamos debates fervorosos, sem respeito ou objetivo, que chegam a assustar e enraivecer. É certo que esses meios acabaram dando voz até mesmo aos covardes e, apesar desse desvio de conduta, é satisfatório dizer que até eles e não somente eles, mas todos merecem respeito.

Nas ruas, as pessoas se agridem por não concordarem com determinadas ações governamentais quando, de fato, é necessário cobrar, mas sem idolatrar um político ou líder. Cabe defesa de quem apoia este ou aquele, mas também cabe crítica àqueles que discordam, desde que de forma construtiva e coerente.

Inaceitável é sair dando pancada, destruir patrimônios, monumentos, fachadas de empresas e, muitas vezes enfrentar a polícia, em nome de um político para convencer, à base da força, de que a razão de quem se defende é única. Nem sempre é na forçada que se conquista ou se resolvem as diferenças. Uma boa conversa e principalmente bom senso ajudam e promove ganhos ao invés de perdas.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?