Artigo
2 meses atrás

Magistério da História

Aqueles de nós com algumas primaveras a mais certamente se recordarão do panorama mundial de medo quando o globo se polarizava em capitalistas e socialistas, no cenário conhecido, a partir da segunda metade do século XX, como Guerra Fria. Provando que a história é cíclica, os jornais internacionais começam a estampar as primeiras fagulhas de uma guerra comercial que novamente polarizam Tio Sam e o Kremlin demonstrando talvez que o ser humano ainda olha para o próprio umbigo, quando caminhava nos corredores do fenômeno da globalização.

Magistério da História
(Foto: Reprodução)

Trazendo novos contornos para mundo, esse movimento favoreceu a derrubada das fronteiras e o surgimento de blocos transnacionais, para os quais o homem leu o respectivo manual apenas em suas primeiras páginas. Sem dúvida, o fenômeno é um indício da evolução do ser humano. O que foi esquecido é que a evolução, esse anjo do qual se acerca a humanidade, tem duas asas, uma chamada cientificismo e outra moralidade. Elas devem seguir juntas, sob pena de nos vermos abandonados por tal guardião. Uma das asas hipertrofiou. A outra, infelizmente minguou.

A própria globalização percebe essa característica do individual alcançar o global, de sorte que é urgente, para podermos acompanhar o progresso, a nossa renovação moral. Assim não ocorrendo, corremos o risco de, a qualquer momento, poderemos ver presidenciáveis esfaqueados em plena campanha, uma corrupção disseminada e até mesmo a explosão dessa bolinha azul que chamamos de casa.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?