Caieiras
2 meses atrás

Mãe busca providências para agressão sofrida pelo filho

O caso de um aluno de cinco anos agredido por uma professora em uma escola particular de Caieiras ainda repercute na cidade. Inconformada e em busca de justiça, a mãe da criança, Rosana Aparecida Almeida da Silva, procurou o jornal Regional News para denunciar a agressão, registradas por câmeras instaladas na sala de aula.

Mãe busca providências para agressão sofrida pelo filho
Câmeras flagraram agressão contra criança dentro da sala de aula. Professora foi demitida (Reprodução)

Em busca de providências, ela objetiva com a divulgação do fato evitar que a professora volte a atuar e seja punida pelo que fez. “Se aconteceu com meu filho, pode acontecer com outros também. Sei que a escola já mandou a professora embora, mas vou lutar para que ela não volte mais a essa profissão”, disse Rosana.

Mãe da criança busca justiça (Regional News)

Segundo Yanka Almeida Da Silva Alves, irmã da criança agredida, há algum tempo o irmão reclamava das ações da professora. “Ele reclamava da professora que deixava ele e outras crianças de castigo e proferindo ameaças, o fazendo chegar chorando em casa sem não querer voltar para escola. Foi então que resolvi ir ao colégio e solicitar as imagens de câmeras que constataram a agressão. Só assim pude provar aos diretores da escola o que meu irmão já reclamava, mas eles não acreditavam”, relatou Yanka.

No vídeo, fornecido a reportagem, é possível ver a professora pegando a criança pelo braço de forma violenta e o obrigando a ficar sob a mesa e depois por quase uma hora em pé de frente para a lousa. O fato ocorreu em 15 de maio e o caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Caieiras no dia 17 do mesmo mês.

Outro lado

O Colégio Olavo Costa foi procurado e informou que a Escola também foi vítima do que ocorreu e como primeira providência demitiu a professora. “Lamentamos o transtorno e contribuímos fornecendo as imagens a mãe do menino agredido. Cabe agora a polícia tomar as medidas que considerar pertinentes. Lamentamos muito o que ocorreu. A professora foi contrata como qualquer outro profissional e também fomos pegos de surpresa. O que cabia a nós fazer foi feito. Demitimos a educadora e fizemos tudo cabia a nós para amenizar o sofrimento do aluno e da família envolvida”.

A professora envolvida no caso não foi encontrada para comentar sobre as acusações.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?