Caieiras
2 semanas atrás

MAC em chamas gerou revolta e comoção

Local de muitas festas, o antigo CAC, que já foi MAC, PEC e, hoje Centro de Eventos Ícaro Della Torre, voltou a ser notícia devido ao incêndio que atingiu o que resta do prédio localizado às margens da Rodovia SP 332, em Caieiras, no domingo, 7.

MAC em chamas gerou revolta e comoção
Foto: Reprodução/Internet

O fim trágico, aliás, foi anunciado recentemente pelo jornal Regional News, uma vez que o imóvel, atualmente abandonado e sucateado, apresenta problemas na estrutura física e sem qualquer sinal de recuperação ou reforma por parte da administração do prefeito Lagoinha e sua equipe, deverá ser derrubado para dar lugar a um ‘piscinão’.

As imagens do prédio em chamas ganharam notoriedade negativa nas redes sociais e grupos de WhatsApp no domingo, 7, além de renderem muitas críticas por parte dos careirenses, em especial, dos mais antigos que curtiram bailes e festas tradicionais no local.

Comentários como: “estão destruindo nossa cidade”; “tive muitos domingos de matinê nesse lugar. Muito triste ver um lugar que teve muitas alegrias ficar assim”; “o Mac poderia ser um mercadão municipal. É uma área ideal. Não entendo até agora porque ficou abandonado assim”; “Lamentável. Dos anos 80 pra frente, tempo bom. Que pena” foram apenas alguns escritos nas redes sociais.

Embora não fale com a imprensa local, o prefeito, em uma live disse que irá transformar o local em um ‘piscinão’. Mas até agora, nada foi feito.

Parte do povo caieirense que ainda espera para ver o que será feito com mais esse tradicional espaço que faz parte da história de Caieiras, já mostra arrependimento com a atual gestão.

O prefeito Lagoinha foi procurado para se manifestar, mas não encaminhou resposta até o fechamento da edição.

Dos vereadores acionados, apenas Dr. Panelli retornou informando que oficiou o executivo cobrando informações das medidas que serão tomadas em relação ao prédio.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?