Artigo
2 meses atrás

Justiça para elas

Nessa semana vimos a lei “Maria da Penha”, que leva o nome de uma senhora vitimada por ano a fio de brutal violência por um covarde desqualificado, completar 12 anos. Hoje, chamamos poltrões dessa laia de criminosos, muitos dos quais são presos em flagrante sem direito a fiança na delegacia e veem contra si decretadas prisão preventiva e outras medidas que tendem garantir a integridade da mulher e muitas vezes de sua família.

Justiça para elas
(Foto: Reprodução)

Há pouco tempo falar em prisão em flagrante, prisão preventiva e medidas assecuratórias seria arrogância, mas hoje, com o exemplo edificante diariamente dado por nossos administradores, parece tranquilo… Entretanto, o assunto é a respeito de outro indigente moral. Valer-se da força física natural, sobre uma pessoa muitas vezes oprimida pelas circunstâncias da vida, por exemplo, dedicação exclusiva à família, o medo de reprovação pelo restante da família, e ainda a própria ignorância, é um ato lamentável, repulsivo, que graças a Deus e pelo sofrimento de tantas Marias, hoje tem nome: crime inafiançável. Denuncie. Registre a ocorrência. A justiça de Deus muitas vezes se instrumentaliza, se concretiza, na Justiça do homem. Passa da hora de enterrarmos o cadáver da ignorância.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?