Bem Estar e Saúde
3 semanas atrás

Isolamento social sugere reflexão sobre hábitos alimentares

Com o isolamento social por conta da pandemia do coronavírus, muitos hábitos foram alterados, entre eles a alimentação. Para algumas pessoas, o momento pode desencadear mais apetite, em outras, menos.

Isolamento social sugere reflexão sobre hábitos alimentares
(Foto: Reprodução)

Para a médica endocrinologista da Faculdade São Leopoldo Mandic, Dra. Juliana Gabriel, essa pode ser uma fase em que as pessoas caem mais em tentação, porém, também pode ser aproveitada para refletir sobre os hábitos alimentares e aproveitar o tempo livre para cuidar mais da alimentação e planejar refeições. “Às vezes na correria do dia a dia, é normal fazer as escolhas mais práticas, mas agora, essa fase pode ser um grande catalisador de mudanças para uma vida mais saudável”.

O primeiro ponto, segundo a Dra. Juliana, é começar a preparar as refeições em casa. “Quando cozinhamos sabemos exatamente o que está sendo colocado. Podemos selecionar os melhores ingredientes, os mais naturais e até mesmo orgânicos, substituir o tempero industrializado pelos naturais e, também, controlar a quantidade de óleo e sal (ou açúcar) e sem falar na higienização dos alimentos”, explica.

Na hora de escolher o tipo de alimentos, a endocrinologista salienta que é importante dar prioridade aos alimentos naturais, como frutas, legumes, verduras, especialmente os que têm vitamina C para auxiliar na imunidade, como limão, laranja, acerola e maracujá. Outra dica para manter a imunidade em dia, de acordo com a especialista, é tentar tomar sol, mesmo que da janela ou varanda, para manter bons níveis de vitamina D. Além disso, o contato com o sol faz com que o organismo produza substâncias relacionadas ao bem-estar, melhorando o aspecto emocional do isolamento.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?