Bem Estar e Saúde
3 meses atrás

Inverno facilita surgimento de doenças comuns nessa época

O inverno teve início na quinta-feira, 21, e, com ele, as doenças características do frio aparecem. Destaque para resfriados, gripe, rinite, asma, entre outras.

Inverno facilita surgimento de doenças comuns nessa época
(Foto: Reprodução)

De acordo com a Dra. Priscila Moraes, médica especialista em alergia e imunologia, o motivo está ligado a baixas temperaturas e o ar seco fazendo com que os poluentes e micro-organismos permaneçam mais tempo suspensos no ar. Além disso, as pessoas tendem a ficar mais tempo fechadas, sem ventilação adequada, o que favorece o aparecimento tanto de doenças respiratórias infecciosas como alérgicas.

Para ajudar pessoas mais suscetíveis a complicações por vulnerabilidade do sistema imunológico, como crianças, idosos e pessoas com doenças crônicas a especialista destaca a importante de reconhecer as principais doenças do inverno.

Resfriado x Gripe: popularmente, as infecções virais de vias aéreas superiores são chamadas, de modo generalizado, de gripe. No entanto, são doenças diferentes. Ambas são causadas por vírus, porém se apresentam de maneiras distintas.

O resfriado em geral, provoca sintomas mais brandos, com coriza, tosse, congestão nasal, dor no corpo e dor de garganta leve. Os sintomas costuma durar até três dias e apresentam melhora espontânea. Já a gripe provoca sintomas mais intensos, como febre alta, calafrios, dor muscular, dor de cabeça, coriza e, algumas vezes, pode evoluir com complicações respiratórias. A duração é mais prolongada, podendo chegar a 7 dias, com melhora espontânea.

Rinite x Sinusite: a primeira é uma inflamação da mucosa nasal, caracterizada por dois ou mais dos sintomas: coriza, espirros, nariz entupido e coceira. O tratamento inicial deve ser com antialérgicos e, dependendo de cada caso, pode ser necessário corticoide local. A segunda pode ser uma consequência tanto da rinite alérgica como da não alérgica. Os principais achados são secreção nasal esverdeada, nariz entupido e dor de cabeça/face.

Bronquiolite: mais comum do que se imagina é a infecção dos bronquíolos dos bebês causada por vírus. É mais comum até 3 anos de idade e costuma ser o primeiro episódio de chiado na infância. Provoca tosse, respiração ofegante, queda da saturação de oxigênio no sangue e é motivo comum de internação nessa faixa etária.

Para todos os casos, entre as dicas para evitar a contaminação é importante lavar bem as mãos sempre que possível e, indispensavelmente, antes de se alimentar, após espirrar ou tossir e depois de usar o banheiro; proteger com o braço, e não com as mãos, quando espirrar ou tossir; fazer higiene da casa adequadamente, de maneira que diminuam os alérgenos do ambiente, como ácaros da poeira e evitar lugares com aglomerados de pessoas e lugares sem ventilação adequada, além é claro de beber muita água.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?