Música
Nelson de Souza Lima » Música
1 mês atrás

Hermeto Pascoal faz bruxarias no Blue Note

No próximo dia 27 de novembro o Blue Note recebe Hermeto Pascoal para duas apresentações na mesma noite. Existem muitos músicos talentosos, mas “gênio” é para poucos e um deles, com certeza, é este alagoano de Lagoa da Canoa que aos 85 anos continua incansável e surpreendente.

Hermeto Pascoal faz bruxarias no Blue Note
Foto: Divulgação

As “peripécias” do Bruxo dos Sons, como é conhecido, são inúmeras e ao longo de mais de sessenta anos de carreira arregimentou centenas de fãs. Ganhador de dois Grammys Latinos, Doutor Honoris Causa pela News England Conservatory e graduado na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Pascoal é compositor compulsivo.

Segundo ele, já escreveu em torno de 10 mil músicas tendo se apresentado em festivais importantes ao redor do mundo como o Montreux em 1979. Miles Davis, monstro americano do Jazz, chegou a declarar no início dos anos 70 que Hermeto era “o músico mais impressionante do mundo”. A parceria com Davis rendeu duas músicas para o álbum “Live -Evil” de 1971.

O mais recente trabalho do alagoano é “Hermeto Pascoal e sua Visão Original do Forró”, de 2018, no qual tocou sanfona em todas as faixas e compôs todas as letras. Nestas apresentações ele será acompanhado pela Nave Mãe, banda formada por Itiberê Zwarg (baixo), Jota P. (saxes/flautas), Fábio Pascoal (percussão), André Marques (piano) e Ajurinâ Zwarg (bateria).

O repertório mostrará todas as fases do Bruxo constituindo verdadeira experiência sensorial, sonora sendo também obrigatório instrumentos inusitados como chaleira, berrante, entre outros. Este jovem octagenário tem pique para fazer surpresas tornando a noite única. Recomendo.

Serviço
Hermeto Pascoal
Dia 27 de novembro
às 20h e 22h
Blue Note – Av. Paulista,
2073 – Conjunto Nacional
Ingressos: R$ 180,00
Capacidade: 229 lugares
Inf: (11) 94545-1511
http://bluenotesp.com

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?