Editorial
1 mês atrás

Gritos silenciosos

É duro e assumir e mais complicado ainda registrar por meio da escrita, mas o futuro do mundo revela-se tenebroso e incerto. São tantos acontecimentos estranhos que só trazem ainda mais preocupação para a humanidade.
Por falar em humano, ele é o maior culpado pelas tragédias que assolam e causam destruição. O resultado disso tudo, é o prejuízo a ele próprio.

Gritos silenciosos
(Foto: Reprodução/Pixabay)

O coronavírus, ainda em evidência, continua vitimando pessoas no mundo todo. No Brasil são mais de 130 mil mortes pela doença. Um luto que dificilmente será esquecido por essa geração.

Por outro lado, aparecem aqueles que matam indiretamente com ações surgidas lá no passado e que deveriam ter sido dizimadas. Contudo, o homem insiste em continuar a praticá-la sem pudor nem receio. Estamos falando das queimadas.

Basta buscar a causa e origem para chegar a conclusão que, na maioria das vezes, teve a participação criminosa do homem. Na mais recente ocorrência, lá para os lados do Pantanal, Mato Grosso do Sul, a Polícia Federal concluiu que o incêndio que destruiu 25 mil hectares de áreas de preservação ambiental não foi acidental. A suspeita é de que o fogo tenha sido utilizado para remover a vegetação natural com o objetivo de transformar a área em pastagem para gado.

Desta vez, os incêndios criminosos resultaram em mortes de espécies de animais vertebrados, incluindo 36 ameaçados de extinção, além de pássaros raros e a mais densa população de onças-pintadas do mundo. Uma desumanidade sem precedentes que mobiliza a emoção e sentimento de dó àqueles bichinhos que, perdidos e aflitos, imploram socorro pelo sofrimento que não entendem pelo qual estariam passando.

As cenas são de um verdadeiro cemitério de animais que agonizaram antes de morrer. Gritos silenciosos de criaturas desesperadas antes de serem consumidas pelas chamas. Vítimas de uma covardia sem fim.

Em meio a uma tragédia como esta, surgem ainda os heróis que se arriscam a estancar esse ato sórdido de quem o pratica. Sejam testemunhas os bombeiros que adentram à mata em meio ao fogo para tentar controlar as chamas.

Nesse cenário de tristeza surgem ainda os voluntários que doam o suor para evitar que o pior aconteça.

Infelizmente, é cada vez mais difícil esperar que o ser humano deixe de lado o egoísmo e a ganância, esquecendo que atitudes como essas acabam por matar a fauna, aflora e a si próprio.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?