Franco da Rocha
2 semanas atrás

Franco da Rocha e região lideram mortes de pessoas com Covid aguardando leito de UTI

O Estado de São Paulo contabilizou na terça-feira, 30, mais de 1.500 pessoas com Covid-19 ou suspeita esperam na fila por um leito de UTI. Dessas, ao menos 230 não resistiram e morreram na Grande São Paulo. Todas as mortes ocorreram no mês de março, o que significa 7 óbitos por dia nessas condições. O levantamento é do Portal G1 e da TV Globo.

Franco da Rocha e região lideram mortes de pessoas com Covid aguardando leito de UTI
Foto: Reprodução

Não bastasse a triste notícia para quem mora na região, segundo a reportagem, Franco da Rocha tem o maior número de mortes de pessoas não tiveram a chance de lutar pela vida em uma unidade de terapia intensiva. Foram 42 pessoas que tiveram a vida ceifada, ao mesmo tempo em que se vê pessoas caminhando tranquilamente sem máscara nas ruas da cidade.

Os outros municípios que mais registraram mortes assim foram Ribeirão Pires, com 36, Taboão da Serra, com 28 e Francisco Morato, com 27. Caieiras aparece na lista feita pelo G1 com 16 mortes registradas.

Em praticamente todos os casos, as prefeituras e os hospitais disseram que vagas de UTI haviam sido solicitadas por meio do sistema estadual de regulação de leitos, o Cross, mas os pedidos não foram atendidos por indisponibilidade de vagas ou impossibilidade de fazer a transferência de pacientes em estado grave.

Mortes na fila por leito de UTI na Grande São Paulo até dia 30 – Foto: TV Globo/Reprodução

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?