Editorial
2 semanas atrás

Folia adiada, vida preservada

O brasileiro acostumado com o Carnaval, festa típica do país, este ano por conta da pandemia da Covid, teve de segurar o samba no pé e dentro de casa. A festa foi cancelada, mas os dias de ponto facultativo mantidos em algumas cidades permitiu dias de descanso para alguns.

Folia adiada, vida preservada
Foto: Pixabay

Na verdade, a data foi tão diferente em 2021 que mesmo em lugares onde os dias de folga foram cancelados, muitos comércios não abriram e quase nada funcionou. O cenário foi de ruas vazias.

Difícil arquitetar o sentimento de tristeza durante o Carnaval, mas este ano foi assim. Para uns, pouco importou por não gostar da festa. Para outros, em especial os foliões de carteirinha, fez muita falta.

Teve quem improvisou e mandou ver no samba dentro de casa e com a família. Teve também quem aproveitou para pegar a estrada, viajar e descansar.

Fato é que mesmo com a chegada da vacina, o momento atual pede cautela e nada está sob controle quando o assunto é o coronavírus. Ao contrário, uma nova variante da doença foi detectada em 25 estados e preocupa as autoridades de saúde.

A festa carnavalesca, aliás, foi cancelada para evitar aglomerações. Mas não foi isso que vimos em muitos estados.

Comemorações clandestinas foram realizadas e algumas paralisadas pelos órgãos de segurança. Foram vários flagras nesse sentido com pessoas amontoadas e sem máscara dando as costas para a pandemia.

A Covid, que já vitimou mais de 240 mil pessoas, afetou em cheio a festa mais divertida e colorida do Brasil. As lamentações são muitas pelas vidas perdidas e pelos comerciantes que ainda sofrem em não poderem abrir as portas e quando abrem, falta quem consuma.

Estamos diante de completar um ano desde o início da doença e por mais que peçamos paciência desde o começo, não custa pedir mais uma vez e alertar. Tudo vai passar e nossa colaboração ainda é muito fundamental.

Aos poucos a rotina vem sendo retomada, mas não dá para relaxar. Outros carnavais virão e é melhor não comemorar agora para preservar a vida para celebrar depois.

Detalhes a parte, a brincadeira de mal gosto feita no ano passado quando zombaram do cristianismo pode ter recebido o troco celestial quando deram a entender que o diabo teria vencido Jesus Cristo.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?