Educação
Celina Peres » Educação
2 meses atrás

Fique por dentro do Enem 2019 e intensifique os estudos

Uma das avaliações mais importantes na área da educação para milhares de estudantes brasileiros se aproxima e é nessa hora que os candidatos se preparam para intensificar os estudos. Estamos falando do Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, que conta com 5,1 milhões inscrições confirmadas, de acordo com o Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Fique por dentro do Enem 2019 e intensifique os estudos

O exame é uma das principais ferramentas para o processo seletivo de universidades públicas brasileiras e também de 41 instituições portuguesas. Além disso, o Enem permite o acesso a programas de bolsas de estudo e financiamento estudantil de acordo com a nota do participante, por meio dos programas ProUni e Fies.

De acordo com o Inep, responsável pela organização do Enem, as provas deste ano já estão prontas e foram impressas em julho. Uma novidade para o processo seletivo é que no final do caderno de questões vai ter espaço destinado para rascunho da redação (pautado) e para cálculos.

Novidades de 2019

Novo sistema de inscrição;
Inclusão de foto na inscrição (opcional);
Espaço para rascunho da redação (pautado) e cálculos no final no caderno de questões;

Todos os lanches serão revistados no dia da aplicação;
Surdos, deficiente auditivos e surdocegos poderão indicar, durante a inscrição, o uso do aparelho auditivo ou de implante coclear.
Eliminação do participante que deixar aparelhos eletrônicos emitirem qualquer tipo de som durante a prova.

O Exame

A prova do Enem é aplicada em dois dias diferentes. Em 2019, os candidatos realizarão as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Redação no dia 3 de novembro.

Em 10 de novembro, será a aplicação das avaliações de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Para completar o exame, o candidato precisa elaborar uma redação, de no máximo 30 linhas, podendo ser um texto dissertativo-argumentativo a partir de uma situação-problema

Para aqueles que se dedicaram durante todo o ano, os últimos meses antes do Enem 2019 servem para concluir o plano de estudos e revisar a matéria vista. Já para quem deixou para a última hora, é necessário correr contra o tempo de estudos ao máximo.

O edital do Enem possui todas as informações completas sobre inscrições, provas e resultados. O edital pode ser acessado pelo próprio site do Enem.

Prepare-se para as provas

As Matrizes de Referência do Enem determinam o que será avaliado em cada área do conhecimento. Vale dar uma olhada.

O Inep também disponibiliza todas as provas e gabaritos para você estudar pelas questões anteriores.

A plataforma Videoprova em Libras tem todas as questões da prova em Língua Brasileira de Sinais.

Já conferiu a Hora do Enem, da TV Escola?

Dá para acompanhar o programa de TV, criar um plano de estudos, baixar vídeos ou ter tudo isso praticamente ao mesmo tempo pela plataforma.

Na TV, o programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h, 13h e 18h; sábado, às 15h; domingo, às 6h.

Dicas de redação

Apesar dos assuntos das provas serem amplamente estudados e trabalhados durante o ano, o tema da redação é sempre uma surpresa, o que pode causar insegurança nos alunos.

Separamos algumas dicas para garantir a pontuação na prova:

Argumentos de autoridade
Fazer um texto com argumentos de autoridade o deixam qualificado. Então, é recomendado anotar pensamentos de filósofos, sociólogos, antropólogos, durante os cursos ou estudo em casa. Isso facilita na hora de utilizá-los de forma adequada na redação.

O que não pode é se basear em opiniões alheias. Esse tipo de artimanha, ao ser utilizado, deve ser agregado ao argumento de sua autoria para reforçá-lo.

Influência
A proposta de influência deve conter cinco elementos obrigatórios: agente (quem realiza a ação), qual ação deve ser colocada em prática, modo/meio de execução, detalhamento e finalidade.

A sugestão deve sempre respeitar os direitos humanos, o que pede uma reflexão crítica e atual da questão. Muitas pessoas se utilizam do termo ‘conscientizar’ em suas escritas, mas ele pouco agrega ao texto. Logo, deve ser evitado. No lugar, utilizem palavras como como: promover, proporcionar, propiciar, oferecer, fomentar e viabilizar. Eles são pontuais e proporcionam clareza à ação apresentada.

Abuse dos exemplos
A pessoa bem informada, tira de letra isso, pois consegue argumentar além de um microtexto feito em um parágrafo. Portanto, a ideia principal deve ser devidamente fundamentada por meio de exemplos, de domínio público, e justificativas.

Finalizada essa etapa, faça uma análise para marcar autoria e reportar à tese ratificando-a.

Por dentro do cronograma

Divulgação do cartão de confirmação de inscrição com o local da prova: outubro (data a confirmar)

Provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias: 3 de novembro, de 13h às 19h

Provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias: 10 de novembro, de 13h às 18h30

Publicação dos gabaritos e cadernos de questões: 13 de novembro

Publicação dos resultados individuais: janeiro de 2020 (data a confirmar)

Inscrições realizadas no Enem 2019: 6,3 milhões

Atenção ao horário

Seguindo o horário de Brasília (DF), os horários serão os baixos:

12h – Abertura dos portões
13h – Fechamento dos portões
13h à 13h30 – Procedimentos de segurança na sala de prova
13h30 – Início das provas
19h – Término das provas no primeiro dia
18h30 – Término das provas no segundo dia

Vale lembrar que esse ano não será aplicado o horário de verão.

Conteúdo programático

Confira o que cai na prova em cada uma das matérias:

Matemática

Geometria;
Aritmética;
Escala, razão e proporção;
Funções;
Gráficos e tabelas;
Estatística;
Porcentagem;
Probabilidade.

Linguagens

Leitura e Interpretação de textos;
Estrutura textual e análise de discurso;
Leitura e artes;
Gênero textual;
Literatura;
Variação linguística;
Funções da linguagem.

Ciências da natureza

Mecânica;
Eletricidade e energia;
Ondulatória;
Termologia;
Óptica;
Físico-química;
Química geral;
Química orgânica;
Meio ambiente;
Citologia;
Histologia e fisiologia;
Biotecnologia;
Fundamentos da ecologia;
Microbiologia e doenças associadas.

Humanidades

Idade contemporânea;
Brasil Colônia;
Brasil Império;
História política;
Patrimônio histórico-cultural e memória;
Era Vargas;
Primeira República;
Movimentos sociais;
Geografia agrária;
Meio ambiente;
Questões econômicas e globalização;
Ética e justiça;
Mundo do trabalho.

Atendimento especializada e específico

No dia da prova, algumas pessoas têm direito a atendimento especializado. São os casos daqueles com autismo, baixa visão, cegueira, deficiência auditiva, deficiência física, deficiência intelectual (mental), déficit de atenção, discalculia, dislexia, surdez
Surdocegueira e visão Monocular.

No caso do atendimento especifico, ele é destonado a gestantes, idosos, lactantes, estudante em classe hospitalar e outra situação específica.

PPP
O Inep abriu na segunda-feira, 23 de setembro, as inscrições do Enem Para Pessoas Privadas de Liberdade e Jovens Sob Medida Socioeducativa, Enem PPL, 2019. O prazo para cadastro segue até 4 de outubro.

Os participantes serão inscritos no Enem PPL 2019 pelos responsáveis pedagógicos das unidades prisionais ou de medidas socioeducativas, já que quem cumpre pena não pode acessar o sistema de inscrição no exame. O cadastro é gratuito e deve ser feito somente pela internet.

Como é a inscrição do Enem PPL?

O responsável pedagógico deve acessar o site sistemasespeciais.inep.gov.br/unidadesprisionais, tendo em mãos o CPF, documento de identificação com foto e número de identificação interna de cada participante.

Preenchidos os dados pessoais, o sistema dá a opção de informar se o participante necessita de atendimento específico ou especializado.

Posteriormente, o responsável pedagógico deverá marcar a opção da prova de Língua Estrangeira (que faz parte de Linguagens e Códigos) – Inglês ou Espanhol.

Em seguida, é necessário informar em qual sala o participante fará as provas do Enem PPL 2019.

Qualquer alteração dos dados cadastrados poderá ser feita até às 23h59 do dia 4 de outubro, mudança a ser realizada somente pelo responsável pedagógico.

O responsável pedagógico deve guardar a senha de acesso ao sistema do Inep e o número de inscrição de cada participante no Enem PPL 2019.

O Enem PPL tem o mesmo formato do Enem Regular. A diferença é que os privados de liberdade participarão do exame após a aplicação nacional e em dias úteis.

App Enem 2019

Num mundo tão tecnológico em que vivemos, também é possível ter todas as informações do Enem por meio do Enem 2019, aplicativo oficial do Exame Nacional do Ensino Médio que facilita a preparação para a prova.

Além de ter acesso ao cronograma completo, o vestibulando também pode tirar dúvidas e receber as últimas notícias.

O App está disponível para Android e iPhone. Também é possível conferir seu local de prova quando o cartão de confirmação for divulgado. Após o exame, é possível conferir o gabarito e até o seu resultado tudo pelo próprio celular.

Dia da prova

No dia da prova, o participante deve apresentar um documento oficial. Não será aceito qualquer documento em formato digital.

Se você perdeu ou teve o documento roubado, apresente um Boletim de Ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação.

Documentos válidos
Cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;
Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados;
Carteira de Registro Nacional Migratório;
Documento Provisório de Registro Nacional Migratório;
Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
Carteira de Trabalho e Previdência Social;
Certificado de Dispensa de Incorporação;
Certificado de Reservista;
Passaporte;
Carteira Nacional de Habilitação com fotografia;
Identidade funcional.

O que levar

Antes de entrar na sala você receberá um envelope porta-objetos para guardar todos os itens “proibidos”. Guarde o envelope abaixo da carteira, com eletrônicos desligados.

O inscrito é obrigado e levar:
Caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente;
Documento oficial de identificação, original e com foto.

Os organizadores também aconselham levar:
Cartão de confirmação de inscrição;
Declaração de Comparecimento impressa.

Em meio as proibições no dia da prova estão:

Borracha;
Corretivo;
Chave com alarme;
Artigo de chapelaria;
Impressos e anotações;
Lápis;
Lapiseira;
Livros;
Manuais;
Régua;
Óculos escuros;
Caneta de material não transparente;
Dispositivos eletrônicos (wearable tech, calculadoras, agendas eletrônicas, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, gravadores, pen drive, mp3, relógio, alarmes);
Fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados imagens, vídeos e mensagens.

Principais orientações

Antes de começar a prova:

Antes de entrar na sala, guarde os objetos não permitidos no envelope porta-objetos, feche o lacre e deixe debaixo da sua cadeira até terminar a prova.
Confira seus dados no cartão-resposta/folha de redação.

Confira seus dados na ficha de coleta do dado biométrico. Aguarde a autorização e o auxílio do aplicador para fazer a coleta.

Destaque, com muito cuidado, o cartão-resposta/folha de redação e a folha de rascunho do caderno de questões. Eles não poderão ser substituídos se forem danificados.

Durante a prova:
Na Prova de Língua Estrangeira, não é permitido trocar a opção (Inglês e Espanhol) que você escolheu na hora da inscrição.
Lembre-se de tudo o que pode te dar nota zero na redação, como:
Fugir do tema proposto;
Seja escrita com letra ilegível;
Não atender a proposta pedida;
Entregar a Folha de Redação sem nada escrito;
Usar parte de texto desconectada do tema proposto;
Escrever só sete linhas, qualquer que seja o conteúdo;
Escrever predominante ou integralmente em língua estrangeira;
Usar impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação;
Fazer uma estrutura de texto diferente do tipo dissertativo-argumentativo;
Apresentar nome, assinatura, rubrica ou qualquer outra forma de identificação.

Evite ser eliminado
Muitas ações podem fazer o estudante ser eliminado do exame. Abaixo a lista do que deve ser evitado:

Prestar declaração falsa ou inexata;
Perturbar a ordem no local de aplicação;
Comunicar-se, de qualquer forma, com pessoas que não sejam o aplicador ou o fiscal, a partir das 13h;
Utilizar, ou tentar utilizar, meio fraudulento em benefício próprio ou de outras pessoas;
Usar livros, notas, papéis ou impressos durante a aplicação;
Sair da sala, a partir das 13h, sem acompanhamento de um fiscal;
Sair da sala, definitivamente, antes das duas primeiras horas de prova;
Não entregar ao aplicador o cartão-resposta/folha de redação e a folha de rascunho;
Não entregar ao aplicador o caderno de questões, caso saia da sala definitivamente antes dos 30 minutos finais;
Recusar-se a entregar ao aplicador o cartão-resposta, a folha de redação e a folha de rascunho após 5 horas e 30 minutos de prova, no primeiro dia, e 5 horas, no segundo dia, com exceção das salas com tempo adicional;
Ausentar-se da sala com o cartão-resposta ou qualquer material de aplicação, com exceção do caderno de questões, ao deixar a sala definitivamente nos 30 minutos que antecedem o término das provas;
Realizar anotações no caderno de questões, no cartão-resposta, na folha de redação, na folha de rascunho e nos demais documentos do Exame, antes do início das provas;
Descumprir as orientações da equipe de aplicação;
Recusar-se a ser submetido à revista eletrônica; coletar o dado biométrico; e ter os objetos revistados eletronicamente;
Não aguardar na sala de provas, entre 13h e 13h30, os procedimentos de segurança, exceto para a ida ao banheiro acompanhado por um fiscal;
Iniciar as provas antes das 13h30 ou da autorização;
Não permitir que o lanche seja vistoriado;
Não permitir que artigos religiosos (burca, quipá e outros) sejam revistados pelo coordenador;
Portar, na sala de provas, objetos proibidos pelo Edital;
Usar óculos escuros e/ou artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou qualquer acessório que cubra os cabelos ou as orelhas);
Não permitir que materiais próprios (máquina Perkins, reglete, punção, sorobã ou cubaritmo, caneta de ponta grossa, tiposcópio, assinador, óculos especiais, lupa, telelupa, luminária e/ou tábuas de apoio) sejam revistados;
Portar armas de qualquer espécie;
Receber informações referentes ao conteúdo das provas;
Realizar anotações em outros objetos ou qualquer documento que não seja o cartão-resposta, o caderno de questões, a folha de redação e a folha de rascunho;
Permanecer no local de provas sem documento de identificação válido;
Utilizar qualquer dispositivo eletrônico no local de provas;
Ingressar na sala com o telefone celular e/ou quaisquer outros equipamentos eletrônicos fora do envelope porta-objetos;
Não manter, debaixo da carteira, o envelope porta-objetos lacrado e identificado, desde o ingresso até a saída definitiva da sala provas;
Não manter aparelhos eletrônicos (celular e tablet) desligados no envelope porta-objetos desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva da sala de provas;
Permitir que o aparelho eletrônico, mesmo dentro do envelope porta-objetos, emita qualquer tipo de som, como toque ou alarme.

Com tudo em ordem, boa prova e, boa sorte!

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?