Caieiras
4 semanas atrás

Finais de Setembro

Os últimos dias do mês de setembro fazem alusão a tantas comemorações importantes, simples em suas razões mas extremamente importantes e significativas, que eleger uma delas não seria tarefa das mais simples. E por falar em eleger, qualquer pessoa com um mínimo conhecimento técnico do direito e consciência de suas obrigações de transformador social não pode perder uma oportunidade sequer de alertar a respeito de promessas falaciosas, do preço de um voto, das ideologias de botequim, e aliás lastimar que política em nosso País ainda seja feita nesses ambientes.

Finais de Setembro
(Foto: Reprodução/Pixabay)

O calendário, nesses últimos dias do mês, parece nos alertar sobre a discussão sucessória, chamando nossa atenção para assuntos tão sensíveis. Luta das pessoas com deficiência, que poderiam muito bem representar a classe daqueles chamados de “hipervulneráveis” clamando pela atenção sincera e real de nossos governantes. O Dia da Árvore e do Fazendeiro lembrando que realmente o Brasil precisa crescer e precisamos nos alimentar, mas jamais podendo nos esquecer também que precisamos antes existir, respirar e preservar nosso mundo.

O Dia da Juventude, a Semana Nacional da doação de Órgãos e Dia do Trânsito lembrando nossos dirigentes do caos operado nas grandes cidades, com a mobilidade urbana, as vidas que se perdem em acidentes muitas e muitas vezes evitáveis e a atenção com os programas de saúde pública, não sobre um palanque falando da instalação de mais um postinho de saúde aqui e ali, mas efetivamente aparelhando nosso sistema de saúde, e deflagrando campanhas educativas com o mesmo clamor que se brada pedindo o bendito voto nosso de cada dia.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?