Auto News
Gustavo Lopes Evangelista » Auto News
7 meses atrás

Fiat Punto: um carro de corpo e alma esportivo

O Fiat Punto chega para confirmar o sucesso do seu predecessor e tornar-se uma referência ainda maior em termos de esportividade, tecnologia, sofisticação e segurança. Ele é a evolução de um carro de linhas marcantes, lançado em 2007, que trouxe muitas inovações para o mercado nacional, como o Blue&Me™, que modificou completamente a forma de comunicação e entretenimento nos automóveis. Também foi com ele que a Fiat lançou o conceito HSD ― High Safety Drive (air bag duplo + freios ABS), o que tornou bastante acessíveis esses dois itens importantíssimos para a segurança do consumidor.
Além dos inúmeros atributos que já são inerentes ao modelo, o  Fiat Punto é repleto de novidades estéticas, um rico e elegante acabamento interno e novas tecnologias, enfatizando sempre o prazer de dirigir, o conforto, a segurança, sem esquecer as questões ambientais.
Trata-se de um carro moderno, com um visual que se destaca pela personalidade forte e com um nível de conteúdos diferenciados que confirmam seu espírito inovador.
Com linhas mais agressivas fica evidenciada a esportividade e robustez do  Punto. As principais mudanças privilegiam suas extremidades, que receberam desenho em ambos os para-choques (que variam de acordo com cada versão), e s blocos óticos e lanternas com LED.
Um dos destaques da linha   do  Fiat Punto foi a profunda remodelagem do seu interior. Com soluções exclusivas e modernas, ele conta com elementos mais fluidos e arredondados, e com excelente nível de detalhes que enriquecem o modelo.
Além de seu design com soluções exclusivas e modernas, o  Punto também prima pelos avanços tecnológicos. Ele ganha o sistema de segurança ESS (sinalizador de frenagem de emergência), iluminação de luzes de posição na lanterna por LEDs, Blue&Me com eco:Drive, câmbio Dualogic® Plus ― com a possibilidade de mudanças de marchas por borboletas posicionadas no volante — e o HSD (High Safety Drive), de série em todas as versões. Para a versão T-Jet, o  Punto traz ainda a novidade Seletor DNA ― Dinâmico, Normal e Autonomia ―, que permite ao motorista escolher o modo de condução.

Fiat Punto: um carro de corpo e alma esportivo

Também traz sob o seu capô os consagrados motores 1.6 16V E.torQ, 1.8 16V E.torQ e 1.4 16V Turbo, que já fazem parte da linha atual, e agora passa a incorporar o moderno motor Fire EVO 1.4 em sua linha.  Com essas mudanças, a Fiat fez um carro de corpo e alma esportivo: o  Punto.

Modernidade e esportividade

O  Fiat Punto reforça sua posição de destaque em seu segmento com novidades que evidenciam ainda mais sua esportividade e modernidade. O  design externo e, em especial, o  acabamento interno mostram um carro muito mais imponente e bonito, mais confortável e luxuoso.
Externamente o carro recebeu s para-choques dianteiros e traseiros, s faróis, lanternas traseiras de LED, sistema de abertura do porta-malas Logo-Push, nova sigla Punto e novas rodas e calotas. Os s para-choques trazem uma moldura central que remete a um visual mais robusto e agressivo.
O para-choque dianteiro incorpora luzes indicadoras de direção, e em sua parte inferior, acomoda os faróis auxiliares de neblina. Ele também ganhou um friso cromado na parte frontal que remete ao Family Feeling Fiat, reforçando a esportividade do  Punto — a versão T-Jet vem com o friso na cor Cinza Fosco. Aliás, as opções de cores determinam também a identidade de cada uma das versões do modelo. Na Attractive 1.4 a nova grade dianteira e as molduras dos para-choques são pintadas na cor Preto Fosco, enquanto nas versões Essence 1.6 e Sporting 1.8 são na cor Metal Dark. Já T-Jet vem com grade dianteira e detalhe do para-choque traseiro na cor Preto Fosco.
Os s faróis do  Punto contam com luz de posição nas suas extremidades, o que permite uma maior identificação do veículo. Nas versões Attractive e Essence eles receberam personalização pintados nas cores Preto Brilhante e Metalizados; na Sporting os detalhes são em Preto Brilhante e Cinza; e na T-Jet em Preto Fosco e Cinza.


Assim como os faróis, as lanternas traseiras são inteiramente novas e trazem uma tecnologia ainda mais moderna e inovadora: as guias de luz. Já os LEDs localizados nas lanternas produzem um agradável efeito visual quando as luzes de posição do carro são ligadas. Além disso, eles possuem uma resposta mais rápida quando acionados e uma vida útil superior à das lâmpadas.
As vantagens da nova tecnologia das guias de luz se refletem em maior segurança e visibilidade. Tecnicamente evitam a dispersão da luz visível, concentrando-a em “tubos”, e proporcionam impressão de fosforescência para esse canal cilíndrico. Este confinamento da luz se dá por meio da aplicação de uma ótica (pequenas ranhuras), que foi minuciosamente calculada e implementada na parede interna da guia. Os LEDs estão posicionados nas extremidades dessa guia. Dessa forma, aproveitam ao máximo a luz emitida na geometria das ranhuras, gerando maior homogeneidade.
As versões Attractive e Essence receberam calotas com  desenho para as rodas de aro de 15 polegadas. Opcionalmente, a Attractive pode vir com rodas de liga leve de 15”, enquanto a Essence de 16”. A versão Sporting 1.8 e a T-Jet vêm com rodas de liga leve de série, com aros de 16” e 17”, respectivamente.
O  Punto T-Jet, referência esportiva do modelo, traz conteúdos estéticos exclusivos para realçar ainda mais sua esportividade. Faixas laterais, falsa entrada/saída de ar nos para-choques, ponteira dupla de escapamento cromada e pinças de freios vermelhas são alguns deles.
Outro facilitador para o usuário é a adoção do sistema de abertura do porta-malas Logo-Push. Com a ausência do tambor de chave para a sua abertura, essa ação passa a ser feita por intermédio da pressão sobre o logotipo “Fiat” na tampa traseira. Além do conforto, esse item transmite modernidade e praticidade. O  logotipo Punto, que tem a característica de identificar o carro, agora também distingue as versões. Para a Attractive e a Essence, o ponto na letra “T” vem em preto, enquanto na Sporting e na T-Jet, em vermelho.
O interior do  Fiat Punto foi completamente remodelado. Ficou mais bonito, mais luxuoso e mais rico em detalhes e sofisticação. Os painéis foram redesenhados e têm revestimento, texturas, tecidos e cores que caracterizam cada versão: Attractive 1.4 (Azul Folkstone), Essence 1.6 (Cinza Stell), Essence 1.6 com Kit Emotion (Bege Silver Birch), Sporting 1.8 (Nero Carbon) e T-Jet (varia conforme a cor externa).
Nos quadros de instrumentos as novas serigrafias variam de acordo com as versões, e são exclusivas para cada uma. O check de ponteiros dos marcadores (velocidade e conta-giros) também é novidade. Ao girar a chave de ignição os ponteiros procedem a um movimento que verifica se estão com funcionamento adequado e, também, para dar a saudação “Welcome Moving” ao motorista. A iluminação do quadro de instrumentos acende e se apaga gradativamente, acompanhando o movimento dos ponteiros.
Completando a reformulação interna, agora o  Punto conta com uma nova iluminação branca para os comandos internos. Ou seja, para quadro de instrumentos, comandos elétricos de acionamento dos vidros, rádio, etc. Ele também traz uma guia de luz no painel e nas maçanetas das portas, que oferece maior sensação de conforto e sofisticação: a iluminação com efeito Night Design (exceto para versão Attractive). Também a nova alavanca para o câmbio Dualogic Plus; rede porta-objeto no console central e o  rádio CD/MP3 com porta USB confirmam a qualidade e a riqueza do interior do  carro.
Para reforçar o visual mais esportivo do  Punto, o consumidor poderá equipá-lo com o bem-sucedido teto solar panorâmico Skydome. Formado por duas lâminas de vidro, ele ocupa cerca de 70% da área do teto. Feito com vidro temperado escurecido, com espessura de 4 milímetros, ele funciona como uma barreira eficiente contra o calor.

Tecnologia e segurança

Entre seus inúmeros itens de destaque o  Fiat Punto traz um grande diferencial tecnológico: Seletor DNA (Dinâmico, Normal e Autonomia); sinalização de frenagem de emergência, o ESS;  câmbio Dualogic Plus com opção do comando dele no volante; e o sensor de estacionamento com gráfico visual .
A avançada tecnologia do Seletor DNA permite que o motorista opte por até três diferentes formas de condução do seu carro, garantindo uma maior interatividade entre condutor e veículo. A primeira delas é o modo “Dinâmico”, que privilegia o desempenho. Nesse caso, a proporção entre o curso do pedal do acelerador e a abertura da borboleta é aumentada. Ou seja, uma menor pressão no pedal gera maior abertura da borboleta e, consequentemente, respostas mais rápidas do motor. No quadro de instrumentos são indicados os momentos de troca para marcha superior, além da indicação em barras do desempenho da turbina.
No modo “Normal” ficam mantidas as características usuais de respostas do motor, sem nenhuma alteração no seu mapeamento.
Quando a opção de condução for “Autonomia” aparecem indicações no display do quadro de instrumentos para os momentos exatos de troca de marchas, tanto para subir quanto para reduzir marchas. Essa alternativa também permite a visualização da uma escala progressiva do Econômetro no display, que indica o quanto se está consumindo de combustível naquele exato momento. O modo de dirigir “Autonomia” pode ser considerado quase que um “professor” para o motorista, no sentido de proporcionar maior economia de combustível.
Outra tecnologia que foi adotada pelo  Punto é o ESS (Emergency Stop Signaling), ou sinalização de frenagem de emergência, que consiste no acionamento intermitente das luzes indicadoras de direção ao frear o veículo bruscamente. Trata-se de um alerta aos demais motoristas da ocorrência de uma situação de emergência. Ele é acionado nas seguintes condições: desaceleração maior que 7m/s², velocidade igual ou maior que 50 km/h e pisca-alerta desligado. A função permanece ativa até que a desaceleração atinja 2,5 m/s².
No  Punto o sensor de estacionamento também inova em termos de praticidade. Além de emitir sinais sonoros de alerta com a proximidade do obstáculo, ele conta com um gráfico visual indicativo de distância no quadro de instrumentos. O gráfico traz áreas definidas de 1 a 4, que mostram e sinalizam por meio de pulsação de luz a distância do obstáculo (entre 1,5 m até 30 cm ou menos). O modelo também pode ser equipado com os sensores de chuva e crepuscular, além de espelho interno eletrocrômico.


O  Fiat Punto também está equipado com o  Câmbio Dualogic Plus, recém-lançado no Bravo  . Ele pode vir com borboletas de mudanças de marchas posicionadas no volante. O Dualogic Plus traz avanços técnicos no sentido de melhorar as trocas de marchas para proporcionar maior conforto ao condutor. Entre as principais evoluções introduzidas no sistema destacam-se o “Creeping” e o “Auto-up Shift Abort”.
No caso do Creeping (“movimentação lenta”), logo após o motorista liberar o freio, a central eletrônica acopla a embreagem progressivamente permitindo a movimentação do veículo até uma velocidade máxima de 7,2 Km/h. Isso facilita manobras de estacionamento e arrancadas em pistas inclinadas (aclives ou declives) trazendo maior comodidade ao condutor. O torque máximo aplicado é de 3,5 kgfm, permitindo o arranque em rampas leves.
Outra melhoria do sistema é a função Auto-Up Shift Abort. Com ela o sistema é capaz de identificar o exato momento de uma necessidade de retomada de velocidade e abortar, se for o caso, a troca para uma marcha superior, mantendo a rotação do motor elevada para disponibilizar mais torque e potência.
Em segurança, o  Fiat Punto chega bem equipado. Ele traz de série em todas as versões o conceito HSD – High Safety Drive, composto por air bags frontais e freios com ABS, de quatro canais que ainda conta com o auxílio do EBD (Electronic Braking Distribution) Distribuição Eletrônica de Frenagem, otimizando a força de frenagem entre os eixos dianteiro e traseiro.
Além disso, o  Punto pode vir equipado com sidebags e window bags para as versões Sporting e T-Jet totalizando a possibilidade de se contar com até seis air bags.

Quatro opções de motores e dois tipos de câmbio

A nova gama do Fiat Punto conta com uma variedade de motores, o que permite ao usuário fazer a escolha que melhor se encaixe em suas necessidades. São quatro motorizações: Fire Evo 1.4 Flex, E.torQ 1.6 16V Flex, E.torQ 1.8 16V Flex e 1.4 16V Turbo a gasolina, sendo que o motor Fire Evo 1.4 está chegando à linha Punto neste momento.
Novidade na gama   do Punto, o motor Fire Evo 1.4 Flex equipa a versão Attractive. Ele tem 85 cv de potência a 5.750 rpm e torque máximo de 12,4 kgfm a 3.500 rpm quando abastecido com gasolina; e 88 cv a 5.750 rpm e torque máximo de 12,5 kgfm a 3.500 rpm quando abastecido com etanol. Seu projeto moderno incorpora o comando de válvulas CVCP ― Continuously Variable Cam Phaser, ou comando com fase continuamente variável.
Este motor se caracteriza também pela economia e bom desempenho, e parte disso deve-se ao CVCP, que permite uma variação inteligente de até 50° na fase entre eixo-comando de válvulas e virabrequim. Assim, cada regime de funcionamento do motor acontece na fase ideal de eixo-comando, maximizando o torque em baixas rotações e a potência nas altas. Condutos de aspiração e de descarga e a câmara de combustão foram projetados para funcionar em conjunto com o CVCP.
Para a versão Essence, o motor 1.6 16V E.torQ Flex, que se destaca pelo reduzido peso de suas partes móveis, alto desempenho com economia de combustível, níveis de emissões reduzidos, baixos índices de ruídos e vibrações e alta confiabilidade. O 1.6 16V tem potência de 115 cv e torque máximo de 16,2 kgfm a 4.500 rpm rodando somente com gasolina. Funcionando com etanol, sua potência é de 117 cv e seu torque, de 16,8 kgfm a 4.500 rpm.
A versão Sporting vem equipada com o E.torQ 1.8 16V Flex que desenvolve 130 cv de potência máxima rodando com gasolina, e 132 cv, com etanol. O torque máximo de 18,4 kgfm (gasolina) e 18,9 kgfm (etanol) também é atingido a 4.500 rpm.
O propulsor 1.4 16V Turbo com 152 cv de potência máxima e 21,1 kgfm de torque, encontrados já a partir dos 2.250 rpm e mantendo-se até 4.500 rpm, está sob o capô do Punto T-Jet. Ele traz o premiado conceito “downsizing”, no qual motores mais compactos, com menor capacidade cúbica, atingem altos desempenhos, com mais economia de combustível. É capaz de levar o Punto a velocidade máxima de 203 km/h.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?