Caieiras
2 meses atrás

Feira Pet South America despreza auxílio a deficientes

Mais de 45 milhões de pessoas no país possuem algum tipo de deficiência. É o que aponta pesquisa feita pelo IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Em razão desse número, discutir sobre a acessibilidade em eventos e outras áreas tornou-se cada vez mais importante. Infelizmente, nem todas as empresas se mostram preocupadas com essa questão e não oferecem condições para possibilitar um melhor acesso para todas as pessoas.

Feira Pet South America despreza auxílio a deficientes
Evento reúne as principais empresas do mercado pet - Foto: Reprodução

Ainda que existam leis, deveria prevalecer o bom senso, mas não é assim que os organizadores da Pet South America, feira que reúne as principais empresas do mercado pet de nutrição animal, acessórios, higiene e beleza e serviços com petshops, varejistas, distribuidores, groomers, empreendedores e demais profissionais do mercado pet, que será realizada dentro dos pavilhões do São Paulo Expo, na capital paulista, pretende receber o público PcD em seu evento.

Embora garanta toda segurança para os visitantes na propaganda que faz na internet, parecem deixar de lado a Lei n° 13.146 que Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência e trata da “acessibilidade como sendo grau em que todas as pessoas podem utilizar um objeto ou serviço, visitar um local e participar de um evento, independentemente das suas capacidades técnicas, cognitivas ou físicas”.

Mesmo se tratando de uma das maiores feiras do segmento, antes de mesmo de ser realizada, já mostra que não se importa em organizar o evento e preparar o local de modo a incluir e possibilitar um melhor acesso para todas as pessoas, em especial, os deficientes, ainda que sob a desculpa de que a pandemia não permite a socialização de equipamentos, como é o caso de carrinhos elétricos ou cadeira de rodas. A informação de que o evento não disponibilizará esses equipamentos aos deficientes foi dada durante o cadastramento para ingresso ao evento e revoltou um casal, ele deficiente físico, que pretendia ir ao evento, mas considera um desrespeito a forma que estão tratando essa questão.

A situação foi confirmada pela assessoria de imprensa do evento que foi procurada e informou que a PET South America contará com cadeira de rodas para eventuais emergências, mas não disponibilizará as mesmas para visitantes. O pavilhão onde acontece a feira, mesmo em pandemia. No entanto, conta com elevadores e rampas de acesso, além de banheiros adaptados para PNE, para possibilitar a participação de todos.
A assessoria não respondeu algumas questões como: que espaço a feira ocupa, qual estimativa de público esperado e quantos metros quadrados o público visitante terá disponibilidade para visitar.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?