Caieiras
10 meses atrás

Feira incentiva troca de brinquedos no Ecoparque

O Ecoparque de Caieiras recebe no domingo, 31, um evento voltado as crianças. A “Feira de Trocas de Brinquedos” foi idealizada para ensinar as crianças sobre sustentabilidade, os cuidados com o planeta e o meio ambiente, além de reforçar o contato com a natureza e a ocupação dos espaços públicos.

Feira incentiva troca de brinquedos no Ecoparque
Foto: Divulgação/Instituto Noa

A ideia é bem simples: as crianças separam os brinquedos que já não são mais tão interessantes, mas que estejam em perfeito estado, higienizam com álcool (com a ajuda de um adulto), embalam em um saquinho plástico e levam para trocar no Ecoparque. Podem levar quantos brinquedos quiser.

É importante que a criança esteja acompanhada por um adulto e levem uma toalha de mesa velha, um lençol ou uma canga para expor seus brinquedos no local. A entrada é gratuita e as trocas serão feitas apenas pelas crianças, sem a intervenção dos pais.

Foto: Divulgação/Instituto Noa

A ação já acontece há muitos anos por todo o Brasil, mas é a primeira vez em Caieiras. O objetivo é incentivar o consumo consciente, já que trocar também é bastante divertido. Neste ano será um pouco diferente. É importante que as famílias usem máscaras e mantenham o distanciamento social para evitar aglomeração na praça. Haverá monitores no local orientando todos que quiserem participar desta ação.

A Feira de Trocas de Brinquedos será realizada por duas escolas da cidade, que fazem parte do Programa Escolas do Bem: Colégio Odila Azevedo e EMEMI Prof. Alfeu de Marco, e conta com o apoio da Secretaria da Ação Cultural e Turismo e do Instituto Noa. Além dos alunos destas instituições, toda a comunidade está convidada a participar desta grande ação brincante e educativa.

Siga o Rnews nas redes sociais

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?