Música
Nelson de Souza Lima » Música
1 mês atrás

Estreia com peso e harmonia

Uma das boas novidades da cena pesada lança o álbum debute no mês que vem. A banda em questão é a Firewing que com “Ressurection”, Massacre Records, promete dar novos rumos ao Symphonic Metal, gênero que une o peso do Heavy Metal a elementos e orquestrações da música erudita.

Estreia com peso e harmonia
Foto: Divulgação

O quinteto tem a peculiaridade de ser formado por músicos brasileiros e americanos, quatro deles graduados na Berklee College of Music, uma das mais conceituadas instituições de ensino musical dos Estados Unidos. A Firewing é integrada por Airton Araujo (vocal), Chris Dovas (bateria), Peter de Reyna (baixo), Bruno Oliveira (guitarra e orquestrações) e Caio Kehyayan (compositor e guitarrista).

As primeiras canções foram escritas em 2015 quando Caio e Airton deram o start no que seria a Firewing. No ano seguinte Caio partiu para os EUA pra estudar na Berklee. Lá conheceu os demais integrantes que completaram o grupo. Os músicos já são experientes na cena pesada. Airton Araújo é vocalista da Age Of Artemis um dos maiores representantes do metal brazuca, enquanto Chris Dovas e Peter de Reyna fazem parte da Seven Spires, banda americana cujos álbuns foram produzidos pelo renomado Sascha Paeth. O grande mentor de “Ressurection” é Caio Kehyayan. São dele todas as letras, músicas, conceito do álbum, além de assinar a produção.

O disco estará disponível também nas plataformas digitais e terá convidados especiais, entre eles o guitarrista brasileiro-americano Bill Hudson. Junki Sakuraba concebeu a capa deste que deve ser um dos grandes lançamentos do ano e dar uma renovada no Symphonic Metal. Longa vida ao Firewing.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?