São Paulo
2 meses atrás

Estado de São Paulo volta para a fase amarela do plano de flexibilização

Todo Estado de São Paulo voltou para a fase amarela do plano de flexibilização econômica. O anúncio foi feito pelo governador João Doria, nesta segunda-feira, 30.

Estado de São Paulo volta para a fase amarela do plano de flexibilização
Reprodução

“Com o claro aumento da instabilidade da pandemia, o governo do estado de São Paulo e o centro de contingência da covid-19, decidiram que 100% do estado de São Paulo vai retornar para a fase amarela do Plano São Paulo. Essa medida, quero deixar claro, não fecha comércio, nem bares, nem restaurantes. A fase amarela não fecha atividades econômicas, mas é mais restritiva nas medidas para evitar aglomerações e o aumento do contágio da Covid-19”, disse.

Com essa alteração, seis regiões que estavam na fase verde, a menos restritiva, entre elas a cidade de São Paulo, regridem existe a possibilidade de reduzir o funcionamento de comércios e serviços. Outras regiões, que já estavam na fase amarela, não avançam e seguem no mesmo estágio.

A atualização da reclassificação foi divulgada menos de 24 horas após as eleições municipais e só foi permitida por conta de novas alterações feitas nas regras do plano.

De acordo com os dados do governo, a cidade de São Paulo e municípios da Grande São Paulo têm atualmente índices compatíveis com medidas ainda mais restritivas, compatíveis com a fase laranja da proposta.

O que muda

Estabelecimentos de todos os setores ficam com capacidade limitada a 40%, funcionamento máximo de 10 horas por dia e com horário de funcionamento limitado até as 22 horas;

Eventos com público em pé passam a ser proibidos;

A reclassificação das regiões do estado de São Paulo no plano de reabertura da economia durante a pandemia do coronavírus estava prevista para acontecer no dia 16 de novembro, mas foi adiada para esta segunda-feira, 30.

Com informações do Portal G1

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?