Música
Nelson de Souza Lima » Música
2 semanas atrás

Escancarando mazelas sociais

Surgido no meio dos anos 70 na Inglaterra e EUA o punk rompeu barreiras, evidenciando o desequilíbrio social. O tempo passou, porém o gênero mantém a alta voltagem discursiva escancarando as mazelas cotidianas.

Escancarando mazelas sociais
(Foto: Reprodução)

No Brasil temos ótimos grupos que bradam contra as injustiças e um bom exemplo vem da capital paulista. Formado por Caio Uehbe (voz/guitarra), Ricardo Faga (guitarra), César Hiro (voz/baixo) e Minoru Slot (bateria) o Rota 54 está na estrada há doze anos tendo lançado quatro álbuns. O mais recente, “Náusea”, de 2019, traz sete faixas com a veia punk antiga numa sonoridade atual. O disco foi lançado pelo selo Kaos, nova empreitada de Clemente Nascimento, líder da emblemática Inocentes. Sobre isso, Caio Uehbe diz que conhece o veterano músico já há um bom tempo. “Se não me engano o conheço desde 2002. Ele chegou a produzir um disco da minha antiga banda, Núcleo Zero, em 2006, disco que teve as guitarras gravadas pelo Redson, do Cólera. Mas com o Rota 54 foi a primeira vez que fizemos algo juntos.”

Segundo ele, o título do novo disco reflete o que tem ocorrido no país ultimamente. “Como não sentir náuseas diante da notícia de que um pai de família é alvejado com 80 tiros disparados pelo exército ou com a exaltação de um passado marcado por atrocidades que insiste em nos visitar em episódios como o covarde assassinato político de Marielle Franco, que remonta a época da Ditadura Militar?”, conclui. Um dos destaques de “Náusea” é “Garota Suicida” cujo clipe está no Youtube.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?