Editorial
2 meses atrás

Entre as prioridades, está o planeta

Em meio a tantos problemas proporcionados em razão da pandemia, nosso planeta implora por socorro e não pode ser esquecido. Nunca se viu tantos dias quentes e outros muito frios em pequenos períodos, o que chama atenção para uma realidade ignorada por tantos.

Entre as prioridades, está o planeta
Foto: Reprodução/Pixabay

Embora seja um assunto pouco relevante para os humanos, estamos num estágio cada vez mais preocupante de aquecimento global direcionando ecossistemas a uma devastação sem retorno.

Estudos demonstram que diversos sistemas da Terra atingiram, ou estão próximos de colapso só reversível em séculos ou milênios. O resultado é catastrófico quando podemos ver 60% da Floresta Amazônica virar savana antes do imaginado.

Não custa lembrar que a conscientização deve prevalecer sempre quando tratamos de assuntos relacionados ao que nos serve, onde pisamos, nosso chão. Então, já que é nosso, cabe a cada um cuidar.

Antes tarde do que nunca, mas ainda dá tempo de refletir e adotar hábitos de consumo sustentáveis para a conservação do planeta. Com tanta tragédia acontecendo no mundo e milhares de pessoas morrendo em meio às enchentes, tempestades, tornados e calor insuportável, frio exacerbado observados em lugares inimagináveis, passou da hora de refletirmos nesse retorno da natureza para o ser humano, o grande responsável por machucar quem não deveria.

Era até normal a presença de fenômenos em diversos países que se preparavam para evitar uma tragédia maior. Porém, nos últimos tempos o que vemos são fenômenos antes exclusivos deste ou daquele lugar chegando onde jamais se esperaria. São chuvas torrenciais em lugares improváveis, tremores de terra, tufões e furacões inesperados e mais fortes registrados nos últimos tempos causando perplexidades às desgraças que vem vindo umas atrás das outras deixando a destruição como rastro.

Muito do que está ocorrendo tem a ver com a falta de conscientização do ser humano, que pouco se importava com a natureza, e continua deixando de se preocupar. Isso inclui empresas descompromissadas com a sustentabilidade e outras ações resultantes em mais poluição e, consequentemente em surpreendentes reações da natureza que chegam como resposta.

É tarde para reverter, mas ainda é possível minimizar. Afinal, o ser humano precisa muito mais do planeta, do que o planeta do ser humano.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?