Educação
Celina Peres » Educação
2 semanas atrás

Enem 2019: possíveis temas da redação

As provas do Enem 2019 estão aproximando e o temor dos 5.095.308 candidatos inscritos continua sendo em relação a redação.

Enem 2019: possíveis temas da redação

Afinal, uma nota zero pode te deixar de fora de programas como o Sisu, o Fies ou o Prouni. Mas se por um lado é a grande vilã, ir bem nesse quesito redação pode aumentar as chances de ingresso na universidade, já que sozinha ela representa 1000 pontos na prova.

De acordo com o Inep, responsável pela organização do Enem, as provas deste ano já estão prontas e foram impressas em julho. Uma novidade para o processo seletivo é que no final do caderno de questões vai ter espaço destinado para rascunho da redação (pautado) e para cálculos.

Por essa razão, toda preparação envolve grande expectativa para o segundo dia de prova para descobrir de uma vez o tão aguardado tema da redação.

Embora adivinhar o que deve cair seja um desafio, é possível esperar por alguns temas, muitos deles evidentes nos dias atuais. O feminicídio ou violência contra a mulher, por exemplo, já era a aposta de muitos professores de cursinho até finalmente aparecer na redação do Enem 2015.

Mesmo algumas edições sendo mais imprevisíveis, como 2017, que caiu sobre a formação educacional para surdos, existem padrões que se reproduzem ao longo dos anos.

Os temas, por exemplo, sempre dizem respeito a desafios enfrentados pela sociedade brasileira e dificilmente são mais globais. Como dito logo acima, é muito comum que tenham sido pauta recente na mídia.

Uma grande novidade muito divulgada pelo governo para este ano: os candidatos não devem esperar por temas “polêmicos” ou “ideológicos”. O ministro da Educação voltou a afirmar esse ponto em uma entrevista à TV Brasil recentemente.

Com essas afirmações, o MEC, Ministério da Educação, possivelmente está se referindo a temas mais progressistas ligados a movimentos sociais, como questões de gênero, de cunho racial ou sobre sexualidade.

Considerando o histórico da prova e novo comando em Brasília este ano, listamos algumas possibilidades de temas a redação do Enem 2019.

Possíveis temas

O avanço e o combate à depressão não podem ser descartados, uma vez que recentes pesquisas da OMS, Organização Mundial da Saúde, apontam que o Brasil está entre os 10 países com maior taxa de suicídio no mundo, além de rumar contra a tendência mundial de redução desses números.

Para se ter ideia, na última década, o número de pessoas diagnosticadas com depressão no país cresceu 18,4%. A redação do Enem pode pedir que o candidato escreva a respeito das causas do avanço da depressão e apresente propostas de políticas públicas para seu combate.

Igual a depressão, a Obesidade no Brasil continua sendo é um problema de saúde pública em evidência no país, atingindo cerca de 20% da população. Até mesmo os planos de saúde resolveram fazer campanhas para alertar sobre o problema. Uma parte do tema pode abordar a obesidade entre crianças, também relacionada à desnutrição.

Palavra muito comum de se ouvir nos dias atuais, o Bullying, somado a violência nas escolas brasileiras, tem grande chance de serem pautas na redação de 2019. Como tem ligação, o tema pode ser abordado unificado ou de forma separado.

A violência, por exemplo, está relacionada a à agressão de professores, levando em conta o auto número de registro desses casos e o espaço que ganharam nos meios de comunicação. Ao participante da prova caberá apresentar soluções equilibradas, efetivas e que envolvam o diálogo com a comunidade escolar.

As epidemias e volta de doenças erradicadas, como o Sarampo, não estão descartados. Em 2019 foi registrado o reaparecimento no Brasil de doenças que eram consideradas erradicadas.

Por estar ligado a um tema de saúde pública, ele é bem cotado para a prova, além de envolver debates de cunho social, como o avanço do movimento antivacina.

Os desafios do controle parental na internet surgem como possibilidade também, já que o País, bem como as famílias, estão diante de grandes provocações no que diz respeito à educação para mídia e tecnologias.

A dispersão do uso da internet entre crianças e adolescentes pode ser tema da redação este ano, propondo um debate sobre o papel dos pais e do governo como mediadores. São muitos os fatos na mídia ligados a essa situação que só aumenta, tendo crianças alienadas as redes de computadores.

O crescimento urbano pode levar a um tema muito debatido atualmente: mobilidade urbana no Brasil. Em frequente inchaço, os grandes centros urbanos no País, vêm acompanhados por um número crescente de veículos individuais.

Só a título de comparação, enquanto em 2004 existiam 7,4 habitantes para um carro, uma década depois, essa proporção foi para quatro habitantes por veículo. Hoje temos um carro para cada quatro brasileiros.

O transporte público não acompanhou esse crescimento e ainda enfrenta problemas com obras paralisadas e pouco planejamento. Perante esse cenário, o candidato deverá apresentar soluções efetivas para os grandes problemas de mobilidade urbana não apenas envolvendo o transporte, mas a organização espacial das cidades.

A evasão escolar nunca pode ser descartada, considerando o Brasil ter a terceira maior taxa de evasão escolar do mundo. Hoje, temos 2 milhões de crianças e adolescentes fora da escola.

A redação pode pedir que o candidato escreva sobre o perfil dos que evadem e seus possíveis motivos, além é claro de mostrar soluções para o problema.

Outro tema com grande chance de ser abordado são habilidades socioemocionais nas escolas devem aparecer como possíveis pautas da redação, uma vez que a BNCC, Base Nacional Comum Curricular, trouxe como uma das propostas a implementação de disciplinas que desenvolvam, desde cedo, as habilidades socioemocionais dos estudantes.

Elas envolvem a capacidade de se relacionar com pessoas, lidar com emoções, resolver conflitos, etc. Por ser também uma pauta forte no mercado do trabalho, além de passar mais longe de discussões “polêmicas”, configura como uma aposta para a redação do Enem 2019.

Mais recente, porém tema com repercussão internacional, a pauta queimada na Amazônia lidera a lista de possibilidades de aparecer na redação do Enem 2019 ou até mesmo nas questões objetivas.

De acordo com o Inpe, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, em agosto 2019, o desmatamento na região da Amazônia aumentou 22% em relação ao mesmo período do ano passado, foram 30.901 focos de queimadas na região.

As queimadas geraram debates com líderes internacionais já que foi cientificamente comprovado que a Amazônia exerce uma importância enorme na regulação climática mundial e também na questão do ciclo hidrológico, chamados serviços ecossistêmicos.

Todo esse histórico de incêndio, queimada e desmatamento acaba com a qualidade de vida das populações, com a escassez de água em qualidade e quantidade para seus diversos usos, e em termos de regulação climática de qualidade do ar, agravando as riquezas naturais das próximas gerações.

A solução para essa situação, além de medidas emergenciais devem ser cobradas e abordadas pelos candidatos.

Dicas de redação

Apesar dos assuntos das provas serem amplamente estudados e trabalhados durante o ano, o tema da redação é sempre uma surpresa, o que pode causar insegurança nos alunos.

Separamos algumas dicas para garantir a pontuação na prova:

Argumentos de autoridade
Fazer um texto com argumentos de autoridade o deixam qualificado. Então, é recomendado anotar pensamentos de filósofos, sociólogos, antropólogos, durante os cursos ou estudo em casa.

Isso facilita na hora de utilizá-los de forma adequada na redação. O que não pode é se basear em opiniões alheias. Esse tipo de artimanha, ao ser utilizado, deve ser agregado ao argumento de sua autoria para reforçá-lo.

Influência
A proposta de influência deve conter cinco elementos obrigatórios: agente (quem realiza a ação), qual ação deve ser colocada em prática, modo/meio de execução, detalhamento e finalidade.

A sugestão deve sempre respeitar os direitos humanos, o que pede uma reflexão crítica e atual da questão. Muitas pessoas se utilizam do termo ‘conscientizar’ em suas escritas, mas ele pouco agrega ao texto. Logo, deve ser evitado.

No lugar, utilizem palavras como como: promover, proporcionar, propiciar, oferecer, fomentar e viabilizar. Eles são pontuais e proporcionam clareza à ação apresentada.

Abuse dos exemplos
A pessoa bem informada, tira de letra isso, pois consegue argumentar além de um microtexto feito em um parágrafo. Portanto, a ideia principal deve ser devidamente fundamentada por meio de exemplos, de domínio público, e justificativas.

Finalizada essa etapa, faça uma análise para marcar autoria e reportar à tese ratificando-a.

O Enem

A prova do Enem é aplicada em dois dias diferentes. Em 2019, os candidatos realizarão as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Redação no dia 3 de novembro. Em 10 de novembro, será a aplicação das avaliações de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Para completar o exame, o candidato precisa elaborar uma redação, de no máximo 30 linhas, podendo ser um texto dissertativo-argumentativo a partir de uma situação-problema

Para aqueles que se dedicaram durante todo o ano, os últimos meses antes do Enem 2019 servem para concluir o plano de estudos e revisar a matéria vista. Já para quem deixou para a última hora, é necessário correr contra o tempo de estudos ao máximo.

O edital do Enem possui todas as informações completas sobre inscrições, provas e resultados. O edital pode ser acessado pelo próprio site do Enem.

Atenção ao horário

Seguindo o horário de Brasília (DF), os horários serão os baixos:

12h – Abertura dos portões
13h – Fechamento dos portões
13h à 13h30 – Procedimentos de segurança na sala de prova
13h30 – Início das provas
19h – Término das provas no primeiro dia
18h30 – Término das provas no segundo dia

Vale lembrar que esse ano não será aplicado o horário de verão.

Gabarito Enem

O gabarito oficial do Enem é divulgado um dia após a prova, ou seja, este ano será no dia 13 de novembro. Nele você poderá ver a resposta e a resolução de cada questão da sua prova, com detalhes, explicado pelo próprio Inep.

Inclusive as questões que são anuladas, caso ocorra algum erro com a questão, você também pode ver neste gabarito.

Regional News

Com seriedade, respeito e compromisso com o leitor, o REGIONAL NEWS se propõe a preencher a lacuna existente no eixo LAPA – JUNDIAÍ, fechando parcerias e viabilizando o maior órgão de imprensa regional.

Buscar a verdade sempre, independente das forças e interesses contrários que a vida pública possa apresentar, sem jamais discriminar raça, credo, religião, posição sócio-econômica ou outras.

Vamos Bater um Papo?